*
 
 

A apresentadora Maisa Silva usou as redes sociais para fazer um desabafo sobre o preconceito que sofreu ao longo do anos. Segundo a jovem, tudo começou quando ela entrou na puberdade e começaram a nascer pelos no braço.

“Gente, na puberdade, com uns 11 anos por aí, eu comecei a ter vários pelinhos no braço. (o que é supernormal, tenho bastante cabelo etc.). E aí, uns 2 anos depois, isso começou a me incomodar. Mas não pq eu não gostava deles ali, mas sim pq “me diziam” que não era legal”, escreveu.

Logo depois, ela contou sobre o bullying. “Nas piadinhas, eu ouvia ‘macaca’, ‘teen wolf’, ‘peludinha” kkk, mas eu sempre ria junto e não ficava mal. Pelo menos, não percebia, mas aquilo foi me fazendo querer esconder meus pelinhos, descolorir eles, só q se fosse uma vontade MINHA, tudo bem. Mas o fato é que eu fazia pros outros”, disse.

Em seguida, Maisa defende o direito de você ser quem quiser. “Parei com essa noia e comecei a me amar do jeito q eu sou. Tudo bem, a gente mudar por NÓS MESMAS, mas fazer isso por opressão dos outros é um crime contra nosso respeito e amor próprio. A aceitação não é algo fácil, mas aos pouquinhos ela acontece e te liberta. se ame”, escreveu.