Diego Hypólito desabafa sobre procedimentos estéticos: “Usava peruca”

O atleta, que pretende ser cantor, revelou seus gostos musicais: "Escuto sertanejo e gospel"

Reprodução/InstagramReprodução/Instagram

atualizado 08/07/2019 19:17

Diego Hypólito está de bem consigo mesmo. Após se assumir gay, o atleta já revelou várias curiosidades sobre sua carreira, incluindo mudanças pessoais. Convidado do programa The Noite, apresentado por Danilo Gentili no SBT, Hypólito falou acerca de todos os procedimentos estéticos aos quais se submeteu.

Ao apresentador, o ginasta desabafou sobre o próprio cabelo. “Antes era colado. Agora meu cabelo é implantado. Tinha entradas muito grandes. Agora realmente é meu próprio cabelo e não tem como cair. Na Olimpíada já não era meu cabelo. Era literalmente uma peruca. Porque era amarrado em 2014. Tinha realmente problema com a minha calvície. Não gostava, queria ter cabelo”, disse.

Hypólito também fez mudanças no rosto. “Fiz um preenchimento porque meu rosto era para dentro, aumentei meu maxilar e coloquei um pouquinho de boca em cima”, contou.

No programa, o atleta explicou que era chamado de “Frankenstein, Cabeça de Caminhão e Dumbo” na infância. Também evidenciou sua sexualidade, exposta neste ano. “O Brasil inteiro sabia que eu era gay”, garantiu.

Sobre seguir carreira como cantor, Hypólito afirmou: “Estou começando a fazer algo que também gosto e vou dedicar mais meu tempo nas horas vagas”. Por fim, revelou quais os tipos de música que curte ouvir. “O que mais escuto no meu celular é sertanejo e gospel. Gosto daquelas cantoras pentecostais que cantam exagerado”, concluiu.

SOBRE O AUTOR
Saullo Brenner

Integrante da equipe do portal desde agosto de 2017, atua como repórter e social media. É autor do livro A Confissão de Palomino, publicado em 2019 pela Editora Metrópoles, e foi finalista do Prêmio Abracopel, na categoria Internet, em 2018.

Últimas notícias