Após troca de “mensagens inapropriadas”, bispo da Universal é removido

O bispo Rogério Formigoni foi removido do cargo na Igreja Universal, após se envolver em uma polêmica com troca de mensagens “inapropriadas” para um líder da congregação. Homem de confiança de Edir Macedo, dono do templo, o religioso estaria envolvido num suposto caso de traição. Segundo o site O Fuxico Gospel, Alfredo Paulo, ex-bispo da Universal, […]

ReproduçãoReprodução

atualizado 16/09/2019 19:34

O bispo Rogério Formigoni foi removido do cargo na Igreja Universal, após se envolver em uma polêmica com troca de mensagens “inapropriadas” para um líder da congregação. Homem de confiança de Edir Macedo, dono do templo, o religioso estaria envolvido num suposto caso de traição.

Segundo o site O Fuxico Gospel, Alfredo Paulo, ex-bispo da Universal, teria revelado que Formigoni só deixou a igreja por causa da polêmica. Em reunião de pastores ocorrida na quinta-feira (12/09/2019), o bispo Renato Cardoso teria entregado o pecado do colega.

Ao Metrópoles, a Igreja Universal enviou uma nota sobre  o episódio.

“O que aconteceu foi uma troca de mensagens com conteúdo inapropriado para um oficial da igreja. Dessa forma, ele apenas foi removido do cargo de liderança, a fim de dar uma oportunidade ao casal de cuidar da família, bem como da reparação do ministério. Na oportunidade, a Universal reitera o pedido a todos para que orem por ele e sua esposa, e respeitem este difícil momento do casal”, informou.

 

SOBRE O AUTOR
Saullo Brenner

Integrante da equipe do portal desde agosto de 2017, atua como repórter e social media. É autor do livro A Confissão de Palomino, publicado em 2019 pela Editora Metrópoles, e foi finalista do Prêmio Abracopel, na categoria Internet, em 2018.

Últimas notícias