É melhor fazer aeróbico antes ou depois da musculação?

Existe influência de uma modalidade sobre a outra. Entenda a ordem mais adequada para que ocorra o mínimo de interferência nos resultados

atualizado 12/07/2019 19:38

Uma dúvida é comum entre os praticantes de exercícios físicos: fazer aeróbico antes ou depois da musculação? Não há nenhum problema em realizar os treinos de força e aeróbico no mesmo dia. Porém, optar pelos dois em uma mesma sessão não permite a recuperação – ou seja, a segunda escolha é afetada pela fadiga muscular gerada pelo esforço da primeira atividade. ⠀

Sabendo que existe influência de uma modalidade sobre a outra, qual seria a ordem mais adequada para que ocorra o mínimo de interferência nos resultados?

Na prática, um indivíduo destreinado não vai ser tão impactado por essa questão. No entanto, conforme nos tornamos mais treinados, é preciso fazer escolhas e dar prioridade a um deles, seja aeróbico, seja a musculação.

Vamos lá:

Hipertrofia ou força

Se o objetivo for hipertrofia e/ou força, quanto maior o volume e a frequência semanais do aeróbico, maior será a interferência na força, potência e hipertrofia. Talvez você nem precise fazer treino aeróbio e, caso faça, é preferível deixá-lo para depois do treino de força ou em um dia/horário diferentes.

 

Menos gordura

Já no que diz respeito à redução do percentual de gordura, os estudos não mostram diferença significativa na composição corporal, independentemente da ordem utilizada. Ela fica a seu critério. ⠀

Vale lembrar: busque ajuda de um profissional qualificado para elaboração do seu programa de treino.

Últimas notícias