Alimentos para queimar gordura, turbinar o metabolismo e o cérebro

Alimentos termogênicos induzem o metabolismo a trabalhar em ritmo acelerado gastando assim mais calorias, por isso, ajuda no processo de emagrecimento

Toda ajuda extra quando o assunto é emagrecimento é bem-vinda, não é mesmo? Pois vou te contar um segredo: qualquer alimento gasta energia para ser digerido, ou seja, têm a capacidade de aumentar a temperatura corporal e acelerar o metabolismo.

Como os alimentos termogênicos contribuem para o emagrecimento? Eles induzem o metabolismo a trabalhar em ritmo acelerado gastando assim mais calorias, por isso, ajuda no processo.

Veja bem, eu disse: ajuda. Eles não fazem milagres. Os alimentos termogênicos quando aliados a um plano alimentar adequado e individualizado e junto a isso a prática orientada e frequente de exercício físico o resultado é garantido.

Para ajudar nesse processo irei te dá uma lista deles.

  • Canela – Acelera o metabolismo, ajuda a fortalecer o sistema imunológico, melhora a digestão, evita a constipação, é rica em antioxidantes, dificulta o crescimento de bactérias e fungos que fazem mal ao organismo e ainda tem vários estudos comprovando a sua eficiência para os diabéticos, já que auxilia no controle da glicose. A indicação é de no máximo uma colher de chá por dia. Atenção! Devido ao seu efeito acelerador do metabolismo, consequentemente irá aumentar a frequência cardíaca, por isso, o uso deverá ser controlado em pessoas com doenças cardíacas
  • Gengibre – Possui ação termogênica, anti-inflamatória (auxilia no tratamento de artrite, reumatismo, desconforto muscular, doenças cardiovasculares e metabólicas) ação antioxidante, possui propriedades antibactericida e antitumorais, auxilia na flora intestinal. Consumir até 5g por dia
  • Pimenta vermelha – O consumo frequente contribui para o aumento do metabolismo, isso se deve a uma substância chamada capsiacina. Pessoas com gastrite devem tomar cuidado para não exagerar
  • Chá verde – Ativo termogênico por ser rico em cafeína, anti-inflamatório, previne doenças cardiovasculares e crônicas como hipertensão e a diabetes, estimula o gene da longevidade (gene sirtuina 1), melhora o desempenho na aprendizagem e concentração, alivio da TPM. Evitar o seu consumo à noite, pois a concentração de cafeína pode prejudicar o sono. Pessoas com gastrite não devem abusar do consumo. Tome uma xícara do chá após as principais refeições
  • Cafeína – Efeito termogênico, diurético, combustível para o cérebro. Aumenta a produção de ácido gástrico e a taxa metabólica. Possui substâncias antioxidantes e anticarcinogênicas. Permite pensamentos mais rápidos e claros e uma melhor coordenação corporal. Porém, nem tudo são flores, a cafeína pode causar agitação e uma perda do motor fino. A boa notícia é que os estudos revelam que os consumidores habituais de café são menos afetados por esse efeito negativo. A sensibilidade à cafeína varia muito de pessoa para pessoa, algumas pessoas eliminam a cafeína mas lentamente do que outras. Estudo revela que o consumo de até quatro xícaras ao dia, torna o cérebro mais atento e capaz de realizar melhor suas atividades intelectuais, estimulando a memória, concentração e a atenção
  • Água gelada – Pesquisas mostraram que o corpo gasta muita energia quando se bebe de 8 a 10 copos de água gelada por dia, mantendo assim a temperatura corporal sempre adequada
  • Óleo de coco – Alimenta seu cérebro de forma mais eficaz que a glicose. Estimula o metabolismo, queima gordura. Estimula a inteligência e cognição e promove a elevação do bom colesterol (HDL).

Busque sempre o equilíbrio, não saia desesperado consumindo tudo. O excesso de qualquer coisa não é saudável, e no caso dos alimentos termogênicos podem causar, dor de cabeça, tontura, insônia e problemas gastrointestinais. Os hipertensos ou portadores de problemas cardíacos devem ter mais cuidado, pois alguns desses alimentos podem acelerar o batimento cardíaco. Para aqueles que tem problemas na tireoide a atenção é dobrada, só use os alimentos termogênicos sob orientação profissional por causa da influência sobre o metabolismo.