YouTube: canal que entrevista grandes nomes da música é destaque na web

Em um ano e meio de existência, o canal chegou a marca de 100 entrevistas

atualizado 26/10/2020 10:51

Reprodução

O Papo de Música é um dos raros espaços no YouTube que tem a música como protagonista. Comandado pela jornalista Fabiane Pereira e dirigido pelo videomaker Vitor Souza Lima, o canal traz semanalmente, toda terça ao meio-dia, uma entrevista inédita com algum cantor ou cantora.

Com um tom íntimo e pessoal, o Papo de Música não se restringe a nenhum nicho musical e a diversidade é uma das suas principais características. Em um ano e meio de existência, o canal chegou a marca de 100 entrevistas. E já passaram pelo canal nomes como Erasmo Carlos, Criolo, Adriana Calcanhotto, Pabllo Vittar, Daniela Mercury, Djonga, Xande de Pilares, Tuyo, Duda Beat, Ney Matogrosso, Clarice Falcão e outros.

Recentemente, o canal comemorou a centésima entrevista com o grande ícone da MPB Gilberto Gil que, no bate-papo com Fabiane, falou como foi detectando os talentos individuais dos seus herdeiros. “São pessoas próximas e que estão ligadas a mim pela corrente sanguínea. Eles tiveram vivências musicais desde pequenos e é muito gratificante ver a sequência natural sendo dada”, disse Gil ao canal da jornalista.

Com um repertório de entrevistas eclético, Fabiane explica como é o processo de apresentação dos artistas entrevistados: “Minha intenção é fazer um mapeamento musical através de entrevistas com artistas do Oiapoque ao Chuí. E tenho conseguido apresentar no canal a diversidade sonora nacional. No Youtube, sucesso é sinônimo de milhares de visualizações e isso é uma batalha diária pra quem produz conteúdo independente, mas estou bem feliz com o resultado deste trabalho que venho desenvolvendo nos últimos dois anos”, afirma.

0

Fabiane explica sua relação de proximidade como a música: “Pra mim é refletir sobre o tempo e espaço. E essa reflexão está impressa no canal através da curadoria, das perguntas, das respostas, da forma como o Papo de Música se relaciona com discussões relevantes como a presença da mulher no mercado da música, com a visibilidade LGBTQI+, com o Mês da Consciência Negra. Como jornalista, busco refletir a época que vivo através da música”, revela.

A jornalista não esconde que tem muita vontade de entrevistar artistas que fazem parte da vida da apresentadora: “Eu sonho entrevistar, cada um por um motivo diferente, mas todos fazem parte da minha formação musical: Chico Buarque — já que minha formação de jornalista cidadã nasceu a partir de sua obra; Marisa Monte, porque o disco Verde, Anil, Amarelo, Cor-de-Rosa e Carvão certamente foi o que mais ouvi na vida; Amo a eterna dupla formada pela Sandy e o Junior e gostaria de entrevistá-los separadamente; e Luan Santana, porque gosto muito da forma como ele, enquanto um artista gigante no mercado, conduz sua carreira, trata seus fãs e escolhe seu repertório”, conta.

A ideia de criar o canal deu-se a partir do seu programa de rádio que é transmitido pela Mood FM: “O Faro tem um recorte bem específico. Nele, eu entrevisto só artistas que lançaram trabalhos após a virada do milênio, representantes do rap e da nova MPB. Mas depois de anos à frente do Faro, sentia a necessidade, como jornalista, de expandir minha atuação, entrevistando artistas que admiro e que estavam fora do ‘recorte editorial’ do programa, além de também querer apresentar ao público que me acompanha há muito tempo as histórias por trás das canções que fazem parte da memória musical e afetiva do país”, completa a jornalista.

Dan Beligoli

Últimas notícias