Áudio de Gianecchini em peça por WhatsApp viraliza: “Preciso dizer algumas coisas”

Gianecchini diz que teve necessidade de entrar em contato depois de muito tempo e que precisava dizer algumas coisas. Entenda

atualizado 20/09/2020 13:56

Divulgação

Durante esta semana, a coluna recebeu diversos áudios de Reynaldo Gianecchini por WhatsApp. Mas calma, leitor! Não é nada comprometedor. É apenas a microficção interativa Amor de Quarentena, que estreou no dia 14/09. Além do ator, o público que decidir embarcar na produção pode escolher receber mensagens de Mariana Ximenes, Débora Nascimento ou Jonathan Azevedo.

No primeiro contato, Gianecchini diz que teve necessidade de entrar em contato depois de muito tempo e que precisava dizer algumas coisas. A partir de então, ele envia fotos, vídeos e áudios – e até canta – para envolver o espectador na ideia de um amor antigo que volta a se comunicar em tempos de isolamento social. O ouvinte logo reconhece a voz do intérprete.

A coluna reproduz aqui apenas a primeira mensagem da microficção para dar um gostinho do que o público vai receber. Não vamos divulgar outros áudios para não estragar a experiência. Escute:

Os atores também ajudaram na construção do relato. Para a sensação de proximidade ser maior, foram os próprios intérpretes que produziram as fotos e vídeos e escolheram as músicas que serão enviadas ao público. As locações das gravações também foram suas casas, então, o ouvinte percebe os sons e ruídos do cotidiano do artista, o que cria intimidade.

Amor de Quarentena é de autoria do cineasta argentino Santiago Loza, que teve como mote a ideia de um relacionamento passado que reaparece durante o isolamento para escrever a microficção. O projeto inovador já foi realizado em seis países e foi trazido para o Brasil pelo diretor Daniel Gaggini e pelas produtoras Luciana Rossi e Juliana Brandão. A obra fica em cartaz até o dia 5 de novembro.

0

Moradores de qualquer parte do país podem participar, já que a transmissão é toda feita via WhatsApp. Basta escolher o artista com quem deseja interagir e ao longo de 13 dias, o espectador receberá mais de 60 mensagens para construir essa experiência de intimidade através de um vínculo amoroso imaginário. Parte da renda dos ingressos será destinada a um fundo de assistência a artistas e técnicos, que estão sem trabalho devido ao isolamento.

Veja como funciona

Ao comprar o ingresso pelo site www.sympla.com.br, o espectador deve escolher com qual ator/atriz deseja vivenciar a experiência e informar seus dados (nome, e-mail e telefone). É possível também comprar ingressos para outras pessoas. Durante 13 dias seguidos e em diferentes horários, as mensagens desse amor do passado, interpretado pelo artista escolhido, chegarão por meio do WhatsApp.

O espectador recebe uma mensagem via WhatsApp com informações básicas sobre a experiência informando, por exemplo, que eventuais respostas às mensagens não serão respondidas, que utilize fones de ouvido, que salve o contato com o nome de uma pessoa especial, que não compartilhe as mensagens e que relaxe de suas atividades cotidianas para desfrutar melhor da experiência.

Últimas notícias