Emmy Internacional não é tão relevante quanto emissoras dão a entender

As emissoras estão dando uma importância maior do que a real para a premiação

atualizado 30/11/2020 13:14

Troféu do Emmy Greg Doherty/Getty Images

Alguns Stories postados pela jornalista Rosana Hermann em seu Instagram chamaram a atenção da coluna. Neles, ela comparou o Emmy ao Oscar e o Emmy Internacional ao Troféu Imprensa. Sem desmerecer Órfãos da Terra, da Rede Globo, eleita como melhor novela, e Ninguém Tá Olhando, da Netflix, eleita melhor série de comédia, fomos investigar a relevância do prêmio.

A coluna entrou em contato com Rosana, que não respondeu à solicitação de entrevista. Mas ela contou em seu Instagram que já foi jurada do Emmy Internacional por dois anos. Em 2020, os brasileiros convidados a avaliar os indicados à premiação foram Luciano Szafir, Marcelo Serrado, Rainer Cadete, Fábio Porchat, Nathália Dill, Ingrid Guimarães e Suzana Pires.

0

Os jurados recebem os vídeos de todos os concorrentes às categorias que vão avaliar e os votos são auditados pela PWC. Assim como outras premiações, o Emmy Internacional é uma entidade fechada para membros. São cerca de 600 sócios de 50 países ao redor do mundo e, no Brasil, há apenas uma emissora parceira do evento: a Rede Globo, que já acumula 18 prêmios ao longo dos anos.

Em 2020, a cerimônia foi transmitida virtualmente enquanto o apresentador Richard Kind estava sozinho em um teatro vazio em Nova York. Mas, mesmo nos anos em que a premiação acontece presencialmente, não há toda a pompa que outros eventos do tipo costumam ter. Tanto é que a imprensa norte-americana praticamente não dá espaço para o Emmy Internacional.

Os números do Emmy Internacional nas redes sociais também são bem insignificantes. São 91,7 mil seguidores no Instagram, 21,2 mil no Twitter e 20,9 mil no YouTube — a maioria dos vídeos não chega a ter nem mil visualizações. Ganhar prêmio é um prestígio e tanto Órfãos da Terra quanto Ninguém Tá Olhando são produções de qualidade, mas, aparentemente, as emissoras estão dando uma relevância maior do que existe de fato.

Últimas notícias