Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

Acusado de golpe diz ter prestado serviço de assessoria para entrada no BBB

Segundo ela, o serviço de assessoria foi prestado, mas Hobs prometeu devolver o dinheiro a quem se sentiu lesado

atualizado 22/01/2021 16:38

reprodução

Após ter sido acusado de dar um golpe em mais de cem pessoas ao cobrar de R$ 2 mil a R$ 50 mil por uma indicação ao Big Brother Brasil, o empresário Dionatan Hobs decidiu se pronunciar por meio de sua advogada. Segundo ela, o serviço de assessoria foi prestado, mas Hobs prometeu devolver o dinheiro a quem se sentiu lesado.

“Dionatan foi contatado por três pessoas que manifestaram interesse em entrar para o Big Brother. Para a assessoria delas, ele cobrou entre R$ 3,5 mil e R$ 5 mil. Ele tem alguns contatos dentro de emissoras de TV e já assessorou outras pessoas que participaram de realities”, afirma a advogada Luciana Meirelles Corrêa.

0

De acordo com Dionatan, seu trabalho seria apenas apresentar as interessadas a um produtor do programa, sem dar como garantida a participação. “É apenas uma indicação, já que a escolha é feita por terceiros aos quais Dionatan não tem acesso. Ele se reuniu com o seu contato na Rede Globo e apresentou as três mulheres para a participação no reality”.

“Elas interpretaram como certa que a indicação de Dionatan as colocaria dentro do programa. Mas isso não aconteceu, o que levou-as a pedir o dinheiro de volta. Dionatan, em um primeiro momento, não concordou em devolver, pois acredita que tenha prestado o serviço para o qual fora contratado como assessor”, explica Luciana.

A advogada ainda garante que não houve enganação, mas que Dionatan devolverá o dinheiro de quem se sentiu prejudicada. “Ante o descontentamento, os valores de cada uma delas serão restituídos, muito embora ele tenha plena convicção de que a assessoria para o qual foi contratado foi prestada. Quanto às demais alegações, são todas mentirosas”.

Últimas notícias