Tucanos protocolam pedido de impugnação contra eleições do PSDB-DF

Documento encaminhado ao presidente nacional do partido, Geraldo Alckmin, aponta falhas no processo para a convocação das convenções locais

atualizado 11/05/2018 21:34

paulo roriz ARQUIVO PESSOAL

Pelo menos dois integrantes do diretório regional do PSDB decidiram protocolar, na cúpula nacional da sigla, um pedido de impugnação contra as convenções distritais marcadas pelo presidente local, o deputado federal Izalci Lucas, para 1º de junho. O documento é assinado pelo ex-deputado distrital Paulo Roriz (foto em destaque) e Ludmila de Faro, integrante da Executiva do PSDB-DF.

No pedido, os dois tucanos classificam o edital de convocação como “falho” e apontam supostos “equívocos” que, segundo eles, “põem em risco não apenas o PSDB-DF, mas o próprio projeto político do PSDB nacional”.

Entre os pontos listados, a dupla questiona o fato de se convocar eleições para o diretório sem que as zonais partidárias tenham sido escolhidas. Outro aspecto ressaltado é o não cumprimento, pela gestão Izalci, de prazos estipulados pelo estatuto tucano para as eleições.

0

 

O episódio é mais um capítulo das constantes resistências internas contra o atual comando regional da agremiação. Izalci Lucas tenta se oficializar como candidato ao Governo do Distrito Federal no grupo que atualmente reúne 12 partidos diferentes. Caso a Executiva Nacional acate o pedido dos filiados do DF, o projeto do deputado pode ser prejudicado.

Para Izalci Lucas, no entanto, a manifestação dos correligionários pode ser considerada “natural” no processo democrático interno. “Não há nenhum problema com isso. O estatuto já prevê esse tipo de questionamento. O importante é que a Executiva Nacional sabe da responsabilidade de o nosso partido protagonizar o processo eleitoral no Distrito Federal. O que a Nacional decidir, por nós, está decidido.”

Últimas notícias