Setur assina contrato de R$ 1,1 mi para hospedagem de servidores do Hran

Com a medida, 250 profissionais que atuam na linha de frente do combate ao coronavírus passarão a ficar em hotéis, com café, almoço e jantar

atualizado 22/05/2020 19:38

O Governo do Distrito Federal (GDF) formalizou, na quinta-feira (22/05), o primeiro convênio oficial com a rede hoteleira para garantir hospedagem aos servidores da Secretaria de Saúde que atuam no Hospital Regional da Asa Norte (Hran), referência no tratamento da Covid-19. O valor total do contrato é de R$ 1, 162 milhão e inclui apartamentos individuais (single), com direito a café da manhã, almoço e jantar.

Nesta primeira etapa, 250 profissionais deixarão de dormir em casa para pernoitar, após os plantões, nos hotéis Grand Bittar e América Bittar, ambos no Setor Hoteleiro Sul. Na próxima fase, os profissionais que atuam no Complexo Penitenciário do DF também serão contemplados. As reservas já começarão a ser feitas nos próximos dias.

Com esse isolamento, a ideia do GDF é reduzir as chances de possível contaminação de familiares por servidores que tenham contato constante com pessoas infectadas pelo coronavírus.

De acordo com a Secretaria de Turismo, além de dar mais tranquilidade aos trabalhadores, a ação representa a união do setor de hotelaria com os profissionais que atuam na linha de frente do combate ao novo coronavírus.

“É um momento delicado na vida de todos nós e, cada vez mais, precisamos cuidar uns dos outros, temos essa responsabilidade de cuidar da nossa população. Nosso governador não tem medido esforços para proteger todas as pessoas”, reforçou Vanessa Mendonça, secretária de Turismo do DF.

0
Últimas notícias