*
 
 

Os futuros secretário de Fazenda, André Clemente, e de Desenvolvimento Econômico, Ruy Coutinho, visitaram a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio-DF) nesta segunda-feira (3/12). Foi o primeiro encontro entre os próximos gestores e o presidente da entidade, Adelmir Santana.

O trio se reuniu para estabelecer agenda de competitividade e recuperação da economia, segundo Clemente. Entrou em pauta o apoio da Fecomércio-DF na redução de impostos às alíquotas de 2015, conforme proposta da equipe do governador eleito Ibaneis Rocha (MDB), e a criação do programa Gera Emprego.

Quando Clemente foi anunciado como futuro secretário de Fazenda, a organização enviou a ele um documento no qual apontava sugestões sobre a diminuição dos tributos. “Falei sobre nossas posições em defesa da cidade, do progresso e desenvolvimento econômico e apresentei novamente trabalhos que tínhamos feito no passado sobre redução de alíquotas”, completou Adelmir.

O presidente da Fecomércio-DF solicitou maior diálogo entre o setor produtivo e o Governo do Distrito Federal. “Não gostamos de ser surpreendidos com qualquer medida que mexa com o setor. Queremos participar”, afirmou.

No encontro, realizado na sede da Fecomércio-DF, no Setor Comercial Sul, eles conversaram também sobre a Lei de Uso e Ocupação do Solo (Luos) e turismo. Os próximos secretários combinaram de visitar individualmente a entidade após a nomeação, em 1° de janeiro de 2019.



 


fecomércio-DFgoverno de transição