*
 
 

Um dos maiores opositores aos planos do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, de ser o representante do PSDB na corrida presidencial, o prefeito de Manaus (AM) e correligionário do paulista, Arthur Virgílio Neto, chegou em Brasília com o bico afiado.

“Eu espero que essa reunião sirva para estabelecermos as bases numa legenda nova e não consolidarmos o desastre que é o partido esclerosado e que perdeu completamente a razão de ser”, disparou o tucano.

Ele se refere ao esperado encontro da cúpula do partido nesta quarta-feira (7/2), na sede nacional da sigla. O encontro dos caciques tem tudo para pegar fogo. Virgílio bate o pé para que os tucanos institucionalizem as prévias partidárias.

Presidente nacional da legenda, Alckmin não tem demonstrado muita disposição em abrir diálogo com o companheiro de ninho, pois quer evitar novas bicadas. O governador de São Paulo aposta que o rival terá voo curto.



 


geraldo alckminPSDBeleições 2018TucanosArthur Virgílio Netoprévias