*
 
 

O empresário José Humberto recusou convite para participar do primeiro escalão da gestão do governador eleito Ibaneis Rocha (MDB), mas tem marcado presença junto à equipe de transição. Ele empresta sua experiência política acumulada como administrador de Taguatinga e secretário de Governo da gestão de Arruda (PR). Tornou-se uma espécie de conselheiro do grupo do emedebista, assim como outros empresários.

Ao declinar da proposta de assumir a secretaria de Desenvolvimento Econômico, alegou compromissos institucionais e profissionais. José Humberto viu sua vida revirada após tornar-se um dos alvos do delator da Operação Caixa de Pandora, Durval Barbosa, e acusado de ser um dos beneficiados do maior esquema de corrupção do DF, que condicionava contratos de prestação de serviços ao pagamento de propina. No entanto, conforme reforçou o advogado Walter Moura, o empresário foi absolvido.



 


Políticagoverno de transição