Izalci diz que mantém bênção de Alckmin para disputar o GDF

Deputado se encontrou com o cacique tucano na sede nacional do partido, em Brasília, nesta quinta (26/7)

Daniel Ferreira/MetrópolesDaniel Ferreira/Metrópoles

atualizado 26/07/2018 23:58

Após evento no qual o Centrão declarou apoio ao presidenciável tucano Geraldo Alckmin, o deputado federal Izalci Lucas (PSDB) reafirmou a pré-candidatura ao Palácio do Buriti nesta quinta-feira (26/7). O parlamentar tenta se manter no páreo e ocupar o espaço deixado pelo ex-secretário de Saúde Jofran Frejat (PR), que desistiu da corrida na terça (24).

Izalci esteve presente no anúncio do acordo entre DEM, PP, PR, PRB e Solidariedade e Alckmin. Depois, foi na sede nacional do partido, na L2 Sul, momento em que teve breve encontro com o cacique tucano. O federal afirma ainda ter a bênção de Alckmin. “Não mudou nada, não que eu saiba”, declarou.

Alckmin agora mira na oficialização do PSD na coligação. Um dos quesitos para fechar o acordo seria a sinalização de apoio nacional do PSDB à eventual candidatura de Rogério Rosso (PSD) ao Buriti. Cotado como um dos herdeiros do espólio de Frejat, assim com Izalci e o ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no DF Ibaneis Rocha (MDB), Rosso não confirma a negociação.

Izalci mostra-se firme sobre seu objetivo de concorrer ao GDF. “Se disputar eleição, o meu cargo é governador. Eu não disputarei eleição de outra forma, a não ser que o Jofran não tivesse desistido e aceitado nosso convite”, reforçou.

O deputado federal explicou ao Metrópoles que foi até o ninho tucano para discutir assuntos relacionados às convenções. A nacional está marcada para 4 de agosto, no Lago Sul. A regional ocorrerá no dia 5, no Guará.

SOBRE O AUTOR
Isadora Teixeira

Formada pelo Centro Universitário Iesb, atua como repórter do Metrópoles desde 2017. Na editoria de Cidades, cobre assuntos políticos relacionados ao Distrito Federal

Últimas notícias