*
 
 

O governador Ibaneis Rocha (MDB) se solidarizou com as famílias das vítimas do massacre em Suzano (SP), onde ao menos 10 pessoas foram mortas e nove feridas após atentado causado por dois jovens que se mataram na ação. Pela sua conta pessoal Twitter, o emedebista pediu que o Brasil reflita sobre “a cultura de paz”.

“É uma tristeza imensa ver crianças e adolescentes perderem a vida de uma forma tão brutal. Estavam na escola Raul Brasil, em São Paulo, aprendendo juntas, cuidando do futuro. Que Deus possa amparar seus pais e familiares e que o país inteiro reflita sobre a importância de cultura de paz, de cultivarmos valores que nos façam amar ao próximo, sem violência. Sou pai e sei que o vínculo com nossos filhos é eterno”, escreveu.

Veja o post:

Conexão
A postagem foi feita pouco antes de Ibaneis embarcar, nesta quarta-feira (13), para Lisboa, em Portugal, onde tenta buscar investimentos para o Distrito Federal. Entre as ações previstas, está a negociação para o aumento de número de voos da companhia aérea do país lusitano TAP com destino a Brasília.

Ibaneis assinará um acordo com a TAP a fim de transformar o Distrito Federal em um stopover. A iniciativa dará a estrangeiros a oportunidade de permanecerem entre dois e cinco dias na capital da República, durante viagens mais longas. A escala prolongada poderá ser feita a partir de aeroportos administrados pela Inframerica.



 


PortugalIbaneisataque em suzano