*
 
 

O presidente Michel Temer (PMDB) mostrou na noite desta terça-feira (1º/8) que está disposto a qualquer coisa para conquistar os votos dos deputados e enterrar de uma vez por todas a denúncia contra ele por corrupção passiva. Compareceu a um jantar, na Asa Norte, no apartamento funcional do vice-presidente da Câmara, Fábio Ramalho (PMDB-MG), e precisou subir seis lances de escada (da garagem ao quinto andar), já que os elevadores do prédio estavam quebrados.

Os vizinhos não deixaram de registrar, por volta das 22h30, a chegada do presidente. Gritos de “Michel! Michel” foram ouvidos do pilotis do prédio.

O peemedebista ficou cerca de 30 minutos no evento, fez um discurso em tom de desabafo e, depois, deixou o local novamente pelas escadas. Ele admitiu “ingenuidade” no episódio envolvendo a gravação do empresário Joesley Batista, da JBS, a quem acusou de praticar “banditismo”.

Na rápida passagem pelo apartamento de Fábio Ramalho, o presidente sorriu com as brincadeiras do deputado federal Wladimir Costa (SD-PA), que supostamente fez uma tatuagem no ombro direito com o nome de Temer. “Vários parlamentares disseram que irão procurar um tatuador para fazer homenagem parecida”, declarou o parlamentar.



michel temer. jantar com aliadossem elevadorsubiu de escada
 


COMENTE

Ler mais do blog