*
 
 

Um das investidas de Ibaneis Rocha (MDB) para montar sua equipe de governo não deu certo. Ele convidou o atual ministro das Cidades, Alexandre Baldy, para assumir a Secretaria de Transportes do Distrito Federal a partir de 1º de janeiro de 2019. No entanto, o ex-deputado federal de Goiás acabou aceitando proposta de outro governador eleito, o de São Paulo, João Doria (PSDB).

Em dois momentos, pelo menos, Ibaneis fez convite oficial ao ministro. O nome de Baldy era dado como certo pelo emedebista, já que o ex-deputado federal havia participado de algumas agendas ao lado dele. Contudo, o próximo comandante do Palácio do Buriti perdeu o cabo de guerra. Filiado ao Podemos, Baldy será o titular da Secretaria de Transportes Metropolitanos de São Paulo.

O goiano será o quinto integrante do ministério de Temer no governo paulista. No DF, atualmente, Ibaneis já soma 11 nomes da Esplanada dos Ministérios.



 


João Doriagoverno de transiçãoAlexandre Baldyibaneis rocha