*
 
 

Senador eleito pelo Rio Grande do Norte, o Capitão Styvenson (Rede) teve a conta do Instagram cancelada nesta segunda-feira (22/10) após um perfil falso atribuído ao parlamentar eleito ter denunciado a conta oficial do novo político. Conhecido justamente por ter feito toda a campanha pelas redes sociais, o aliado de Marina Silva (Rede) foi penalizado por um equívoco da plataforma digital.

Em desabafo publicado no Facebook, o policial militar tentou explicar a confusão. “Fizeram um fake do capitão e esse fake fez o quê? Me denunciou, e o Instagram me desativou. Então, a página original do Capitão Styvenson, que sou eu, o verdadeiro, o fake denunciou e, ao mesmo tempo, o Instagram desativou justamente o verdadeiro. Gente, denuncie essa pessoa. Façam-me esse favor. Porque amanhã pode ser você o próximo.”

Veja o vídeo:



Exame toxicológico

Em conversa com o Metrópoles, o político, apelidado de “Xerife da Lei Seca”, acredita que o desafeto não está entre os inúmeros condutores embriagados que foram flagrados pelas ruas de Natal (RN) durante a atuação no combate à bebida na direção veicular.

Com propostas polêmicas, o futuro senador quer aprovar um projeto de resolução que obriga os parlamentares a se submeterem a exames toxicológicos periódicos no Congresso Nacional.

“Quem é que confia em um usuário de drogas? Se consome desta forma, não está apto a legislar para um país como o nosso”, disse o capitão, que conquistou 745.827 votos e foi o mais votado do estado.



 


redeinstagrammarina silvaeleições 2018exame toxicológicocapitão Styvensonconta suspensa