Bancada do DF na Câmara vai de Rodrigo Maia para presidência

Única exceção será a petista Erika Kokay, que decidiu apoiar o nome de Marcelo Freixo (PSol-RJ)

Rafaela Felicciano/MetrópolesRafaela Felicciano/Metrópoles

atualizado 01/02/2019 20:12

Sete dos oito parlamentares da bancada do DF na Câmara dos Deputados fecharam questão na reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) para a presidência da Casa.

Celina Leão (PP), Júlio Cesar (PRB), Flávia Arruda (PR), Professor Israel (PV), Paula Belmonte (PPS) e Luís Miranda (DEM) decidiram votar no democrata fluminense na eleição desta sexta-feira (1º/2).

Erika Kokay (PT) é exceção. A petista vai votar em Marcelo Freixo (PSol-RJ). “Muitas vezes nossas lutas parecem solitárias, mas não são porque existem tantas coisas por trás, como defesa dos LGBTs, das mulheres, dos quilombolas, dos direitos humanos, que é impossível se sentir só”, justificou a parlamentar.

SOBRE O AUTOR
Caio Barbieri

Cursou jornalismo no Centro Universitário de Brasília (UniCeub). Passou pelas redações do Correio Braziliense, Agência Brasil, Rádio Nacional e foi editor-adjunto da Tribuna do Brasil. Ocupou a assessoria especial no Ministério da Transparência e foi secretário-adjunto de Comunicação do GDF. Chefiou o relacionamento com a imprensa na Casa Civil, Vice-Governadoria, Secretaria de Habitação e na Secretaria de Turismo do DF. Fez consultoria para vários partidos, entidades sindicais e políticos da Câmara Legislativa e do Congresso Nacional. Assina a coluna Janela Indiscreta do Metrópoles e cobre os bastidores do poder em Brasília.

Últimas notícias