Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

Atacada por festejar fim de lockdown em Manaus, Bia Kicis se defende na net

De acordo com a bolsonarista, sem citar nomes, ataques deveriam ser direcionados aos "governantes corruptos e negligentes"

atualizado 15/01/2021 16:52

Daniel Ferreira/Metrópoles

A deputada federal Bia Kicis (sem partido-DF) quebrou o silêncio e resolveu recorrer às redes sociais após ter publicações antigas no Twitter comemorando o fim do lockdown em Manaus (AM) relembradas por milhares de internautas. Embora tenha prometido aderir ao “Silence Day”, uma espécie de protesto virtual pelas “censuras” da internet, a congressista desabafou nesta sexta-feira (15/1).

“Estou quebrando o silêncio porque o presidente Jair Bolsonaro e eu mesma estamos sofrendo ataques abomináveis por parte de gente mentirosa, tosca e que aponta o dedo pra quem não tem responsabilidade pelo caos mas não aponta o dedo para governantes corruptos e negligentes”, desabafou.

Em outro post, Kicis compartilha notícia sobre a Operação Sangria, que investiga possível superfaturamento em aparelhos respiratórios no Amazonas. “Apontando os verdadeiros responsáveis pelo caos e o drama dos doentes e familiares em Manaus. Toda minha solidariedade aos que estão sofrendo e até morrendo por falta de oxigênio. Corrupção mata!”, escreveu.

O resultado foi de mais postagens de outros internautas.

Veja:

Últimas notícias