Após escândalo, Oprah Winfrey retira do ar entrevista com João de Deus

Apresentadora ocultou reportagem realizada em março de 2012, quando visitou Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia (GO)

Reprodução / YoutubeReprodução / Youtube

atualizado 11/12/2018 19:52

Após as várias denúncias de assédio sexual e estupro feitas contra João de Deus e a repercussão mundial do escândalo de Abadiânia (GO), a apresentadora norte-americana Oprah Winfrey decidiu retirar de seu canal na internet uma entrevista feita com o médium em março de 2012. A informação é da Revista Exame.

No canal do YouTube da apresentadora, o material passou de “listado” para “não listado” e só pode ser acessado por meio do link oficial da conversa. Com isso, uma entrevista sobre a Casa Dom Inácio de Loyola que foi ao ar em seu programa Super Soul Sunday é a única a ter sido excluída do canal oficial de Oprah.

O escândalo veio à tona no programa Conversa com Bial, comandado pelo jornalista Pedro Bial, na Rede Globo, na madrugada de sábado (8/12). Na ocasião, foram apresentados depoimentos de mulheres que afirmam terem sido abusadas por João de Deus.

Desde então, as denúncias contra o líder espiritual se multiplicaram por todo o país e, até esta terça-feira (11), ultrapassavam a marca de 300 ocorrências.

SOBRE O AUTOR
Caio Barbieri

Cursou jornalismo no Centro Universitário de Brasília (UniCeub). Passou pelas redações do Correio Braziliense, Agência Brasil, Rádio Nacional e foi editor-adjunto da Tribuna do Brasil. Ocupou a assessoria especial no Ministério da Transparência e foi secretário-adjunto de Comunicação do GDF. Chefiou o relacionamento com a imprensa na Casa Civil, Vice-Governadoria, Secretaria de Habitação e na Secretaria de Turismo do DF. Fez consultoria para vários partidos, entidades sindicais e políticos da Câmara Legislativa e do Congresso Nacional. Assina a coluna Janela Indiscreta do Metrópoles e cobre os bastidores do poder em Brasília.

Últimas notícias