*
 
 

O ex-deputado distrital e pré-candidato ao GDF Alírio Neto (PTB) desdenhou, nesta segunda-feira (2/4), da declaração do presidente do DEM-DF, deputado federal Alberto Fraga, de que não concorrerá ao GDF e passará a apoiar o ex-secretário de Saúde Jofran Frejat (PR) na disputa pelo Palácio do Buriti. “Não é surpresa alguma pra mim. Sempre soube que ele não seria candidato ao governo”, disse.

Apontado como um dos importantes personagens no jogo da sucessão ao Buriti, Fraga sacramentou o espaço oferecido pelo grupo ligado a Frejat e decidiu tentar o Senado.

Apesar de pontuar em recentes pesquisas e de se mostrar disposto a enfrentar uma candidatura para o governo local, Fraga diz que o momento não é o ideal para esse projeto. “O que o [governador] Rollemberg mais quer é a divisão da direita. O meu gesto é para demonstrar que posso esperar mais um pouco. Pelo que as pesquisas indicam, vou apostar no Frejat”, declarou.

Mas o deputado nega que se trate de um “recuo”. “Eu não recuei coisa alguma. Sempre tive duas candidaturas em mente e defendi a união do grupo. Eu ainda espero que o Alírio venha para o grupo. Vou trabalhar para isso agora”, disse.

Sobre a possível investida de Fraga, o pré-candidato e agora ex-aliado é categórico. “É um direito dele tentar me convencer e, caso ele faça isso, vou tentar convencê-lo a voltar pra cá. Mas não acredito que ele venha. Assim como eu também não vou para o lado de lá [Frejat] também”, sacramentou Alírio Neto.



alberto fragaeleições 2018Alírio NetoPalácio do Buritifrejat
 


COMENTE

Ler mais do blog