Abatido, Rollemberg entra mudo e sai calado de reunião do PSB

Executiva nacional do partido reuniu-se nesta segunda-feira (5/11) em Brasília

Filipe Cardoso/MetrópolesFilipe Cardoso/Metrópoles

atualizado 05/11/2018 19:51

O governador Rodrigo Rollemberg tem se mostrado abatido após a derrota nas urnas em sua tentativa de reeleição ao Palácio do Buriti. O desânimo do chefe do Executivo distrital impressionou até membros de seu partido, o PSB. Nesta segunda-feira (5/11), a Executiva nacional da legenda reuniu-se para fazer um balanço das eleições deste ano. Rollemberg entrou mudo e saiu calado.

“Ele está mais abatido que o Márcio França”, disse um membro do colegiado, em comparação ao governador de São Paulo, que também perdeu a disputa eleitoral neste ano.

Durante a reunião, Rollemberg saiu da sala ao menos três vezes para fazer ligações. O governador do Distrito Federal estava acompanhado de um assessor e de seguranças. Eleita senadora pelo DF, Leila Barros (PSB) também participou do encontro.

Rollemberg perdeu a disputa pelo Governo do Distrito Federal (GDF) para Ibaneis Rocha (MDB). O emedebista teve 69,79% dos votos. O socialista recebeu 30,21%.

SOBRE O AUTOR
Renan Melo Xavier

Formado em jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB), em 2017. Tem passagens pelo portal R7, jornal O Globo, Poder360 e pela Secretaria de Comunicação da Câmara dos Deputados. Atualmente, é repórter de Política Nacional do Metrópoles.

Últimas notícias