*
 
 

Luxuosas fantasias foram vistas pelos salões do Hotel Belmond Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, nesse sábado (10/2). O motivo para o glamour foi o Baile do Copa. Em 2018, a festa carnavalesca black tie comemorou 95 anos do estabelecimento. Homenageada da noite, a atriz Isis Valverde transformou-se um uma cigana, honrando o tema Gipsy Folie.


A anfitriã Andréa Natal, diretora-geral do hotel, elegeu o carnavalesco, cenógrafo e figurinista Mário Borriello para ambientar os salões Golden, Nobre e Frontais com a história da cultura cigana. O artista inspirou-se numa imaginária história de amor de uma trupe nômade do Leste Europeu.

Miguel Sá e Bruno Ryfer

Mário Borriello


Chegando ao baile, os convidados eram recepcionados por contorcionistas, bailarinos e violinistas vestidos a caráter. Ciganas entretinham os presentes em tendas com a leitura de seus futuros. Carroças, cavalos e cestos de palha simulavam o acampamento imaginado por Borriello.


Nos salões Frontais, lustres rústicos com velas, fitas, tulipas e flores campestres coloriam o lugar. Destaque para a profusão de leques artesanalmente trabalhados nas mãos dos convidados, como o designer de sapatos Christian Louboutin, a estilista Patrícia Vieira e a apresentadora Sabrina Sato.

Miguel Sá e Bruno Ryfer

Bruno Astuto e Christian Louboutin

Esta festa traduz a energia da data. No Baile do Copa, a regra é ser feliz, dançar e se divertir. Ano passado, trouxemos a influência japonesa. Agora, mostramos as tradições ciganas, por isso as cores dourada e vermelha protagonizaram o ambiente do Gipsy Folie."
Andréa Natal

No salão Nobre, rosas vermelhas, brancas e amarelas estavam por todos os lados. Os centros das mesas ganharam tabuleiros com cartas de baralho e bolas de cristal ornamentadas de efeitos góticos. No Golden Room, tendas feitas em chiffon de seda estampada dividiam os olhares com as suntuosas flores pendentes na abóbada principal.

O Cordão da Bola Preta animou a festa ao som de marchinhas carnavalescas e sambas-enredos, além de aproveitar a ocasião para comemorar 100 anos. A cantora Priscila Luz interpretou músicas baianas e o DJ Papagaio manteve a pista lotada madrugada adentro. O jantar elaborado por David Mansaud foi servido em madeiras rústicas, contrastando com as criações francesas do chef. 

Confira mais fotos do evento:

 



 


sociedadeCopacabana PalaceBaile do Copacarnaval 2018Andréa Natal