Sósias de Kate Moss e Naomi Campbell desfilam para a Vetements

A coleção masculina foi apresentada na última sexta-feira (17/01/2020) durante o Paris Fashion Week de menswear

Victor Boyko/Getty ImagesVictor Boyko/Getty Images

atualizado 22/01/2020 13:06

A luz baixa inicialmente distanciou os olhares do casting que cruzou a passarela de outono/inverno 2020/21 da Vetements, durante o Paris Fashion Week de menswear. Com passadas largas, os modelos exalavam confiança em meio à penumbra. Outro ponto alto foi a presença de famosos como Kate Moss, Angelina Jolie, Naomi Campbell, Sharon Stone, Snoop DoggMyke Tyson. Só depois de um tempo, foi possível perceber que, na verdade, não eram as superestrelas que estavam ali. A etiqueta francesa colocou sósias na catwalk

Vem comigo! 

Em setembro de 2019, o estilista Demna Gvasalia encerrou o ciclo na empresa que fundou junto com o irmão Guram. A dupla de criativos revolucionou as passarelas e levou o streetwear ao patamar de luxo. Com um DNA disruptivo, conquistaram celebridades como Rihanna e Kanye West.  

No primeiro desfile solo de Guram Gvasalia em frente à Vetements, todos os detalhes foram minuciosamente calculados e bem executados para seduzir o público. O estilo provocador, pelo qual a marca ficou conhecida, foi mantido.  

Um marco foi o casting que confundiu os convidados, estrelado por sósias de famosos e artistas. Com bom humor, a etiqueta francesa escalou uma versão descontraída de personalidades da moda, da música e do cinema.

“Eu adoraria ter a verdadeira Naomi”, entregou Guram em entrevista à Vogue. O estilista afirmou que a jovem marca ainda não pode pagar uma top model de cachê alto, como Kate Moss.  

Estrop/Getty Images
A semelhança da modelo com Kate Moss chamou atenção

 

Estrop/Getty Images
Modelo sósia de Angelina Jolie

 

Estrop/Getty Images
Naomi Campbell também teve a sua representante no desfile da Vetements

 

Estrop/Getty Images
A atriz Sharon Stone também foi representada

 

Estrop/Getty Images
Sósia de Snoop Dogg marcou presença na passarela

 

Estrop/Getty Images
Uma versão do boxeador Mike Tyson e a tatuagem icônica no desfile

 

O show aconteceu no galpão abandonado Garage Amelot, em Paris. Os bancos para acomodar os convidados durante o desfile foram reduzidos. A beleza dos modelos foi construída com pouca maquiagem nos rostos e corpos. 

Vale destacar que o trocadilho que a Vetements fez em Paris ao colocar sósias nas passarelas não é novidade para a identidade da labelA etiqueta costuma satirizar slogans e marcas famosas nas coleções por meio de estampas. Ao longo da trajetória, a grife francesa já apresentou releituras cômicas de logomarcas clássicas. BMW, Internet Explorer, Playstation e Heineken estão na lista.

A identidade dos recentes cinco anos da Vetements marcou presença no desfile com as jaquetas acolchoadas volumosas, casacos acinturados, peças em couro, vestidos floridos e os tradicionais uniformes de seguranças e bombeiros. Apesar de terem aparecido em menor quantidade, as padronagens divertidas e provocativas não ficaram de lado na coleção masculina de outono/inverno 2020/21. 

Em uma camiseta, a estampa de uma câmera fotográfica foi riscada e estava acompanhada da frase “Sem mídias sociais, obrigada”. Já um boné vinha enfeitado com os dizeres “Gvasalia para presidente”. Outros visuais foram compostos por produtos com a logomarca da Vetements substituída pela palavra “Censurado”.  

Estrop/Getty Images
T-shirt básica combinada com calça de couro por dentro da bota

 

Estrop/Getty Images
“Censurado” no jeans

 

Estrop/Getty Images
As tradicionais flores também apareceram na coleção

 

Estrop/Getty Images
Jaqueta metalizada invertida

 

Em relação aos próximos passos da marca, Gvasalia entregou que a alfaiataria será executada com qualidade. “Uma nova década sofisticada”, afirmou o estilista em comunicado oficial após o desfile. Uma prévia da nova fase já foi vista em Paris: jaqueta de cabeça para baixo, terninho com saia longa e casacos sob medida.

 

Colaborou Sabrina Pessoa

SOBRE O AUTOR
Ilca Maria Estevão

Bacharel em psicologia pela Universidade Georgetown, em Washington D.C. (EUA). É a colunista de moda do Metrópoles e acompanha a movimentação na indústria fashion nacional e internacional. Além da curadoria de Ilca, o espaço tem a colaboração dos repórteres Rebeca Ligabue, Hebert Madeira, Danillo Costa e Sabrina Pessoa. Após passar por rigoroso processo de pesquisa, apuração e troca de ideias, as matérias são publicadas diariamente às 5h30, às 12h e às 15h. Às terças, quintas e aos domingos, o primeiro texto postado na coluna é uma reportagem especial.

Últimas notícias