Osklen traz fluidez e tons terrosos para a passarela do SPFWN46

Coleção de primavera/verão 2019 inova na leveza e indica um novo momento para a marca carioca

Agência FotositeAgência Fotosite

atualizado 22/10/2018 23:22

A sustentabilidade, hoje, é uma das pautas mais importantes da indústria da moda. No Brasil, a Osklen vem defendendo essa bandeira desde 1998, quando Oskar Metsavaht lançou camisetas de algodão orgânico. No São Paulo Fashion Week, com a coleção de primavera/verão 2019, a qual introduziu com fotos de estúdio durante a Semana de Moda de Nova York, a label reafirmou o compromisso, levando para a passarela extensões dos projetos em prol do meio ambiente.

Na paleta de cores, off-white, coral, tons de azul e preto. Gostei principalmente da mistura do amarelo-mostarda com o preto.

Vem comigo conferir!

Com o tema Oceans, a linha mescla o universo náutico com os uniformes de mergulho e a poesia do pescador. Na passarela, materiais como linho, seda, sarja de algodão, além de couro de pirarucu – animal que é destinado exclusivamente para alimentação e tem a pele reaproveitada em peças da marca. Outros exemplos são a malha produzida com garrafas PET recicladas e o tricô de seda orgânica.

As estampas desenvolvidas para a coleção, em parceria com a Casa do Cacete, retratam: espécies de plantas encontradas na região de Santa Luzia do Itanhy, cidade dos ilustradores; prints de espécies de peixes encontradas naquele local; e padronagem de caranguejo, em homenagem a um dos principais meios de geração de renda da população ribeirinha.

Os vestidos trazem plissados e sobreposições de camadas. Ao mesmo tempo que a marca aposta no oversized, as peças são leves. A maioria das produções carrega um ar monocromático, enquanto alguns itens em off-white trazem motivos florais em azul-marinho e listras horizontais. Os acessórios em macramê completam a pegada praia e vão ao encontro das passarelas internacionais da primavera/verão 2019, as quais investiram bastante no handmade. Uma parte da nova coleção, inclusive, foi apresentada à Vogue durante o New York Fashion Week.

Agência Fotosite
Fluidez é a palavra para a coleção de primavera/verão 2019 da Osklen

 

Agência Fotosite
A marca apostou em tons sóbrios, como off-white e azul-marinho

 

Agência Fotosite
As estampas, desenvolvidas com a Casa do Cacete, são a cara do verão

 

Agência Fotosite
Apesar das peças oversized, os tecidos são leves e fluidos

 

Agência Fotosite
Os casacos dispensam os tecidos pesados e apostam em materiais fluidos

 

Agência Fotosite
As peças coloridas trazem um toque clean

 

Agência Fotosite
Em alguns dos vestidos mídi plissados, a marca trouxe listras horizontais

 

Agência Fotosite
A cor mostarda também apareceu neste conjunto de beachwear

 

Agência Fotosite
Laranja, cor que esteve em alta na primavera/verão 2019 internacional

 

Agência Fotosite
Tons naturais, característica da marca, não podiam ficar de fora

 

Agência Fotosite
Fluidez surgiu na assimetria das camadas

 

Agência Fotosite
Algumas peças brincaram com um pouco de transparência

 

Agência Fotosite
Combinação com um toque esportivo

 

Agência Fotosite
Bastante plissado na coleção!

 

Agência Fotosite
Tie-dye, tendência muito vista nas semanas de moda internacionais, também deu as caras

 

Agência Fotosite
Algumas peças trouxeram este azul em tom acinzentado

 

Agência Fotosite
O vermelho finalizou as cores quentes da coleção

 

Agência Fotosite
Mistura de texturas entre o tricô azul-marinho e a saia preta plissada

 

Agência Fotosite
Além das bolsas, o macramê esteve presente também em sacolas

 

Agência Fotosite
O estilo all-black não podia faltar!

 

O verão da Osklen não trouxe muitas inovações e originalidade, mas acabou surpreendendo quem acompanha a evolução da etiqueta nos últimos anos. Oskar Metsavaht, que vinha investindo em silhuetas amplas, tecidos estruturados e estampas de contraste há algumas temporadas, optou por criar uma coleção repleta de fluidez. Eu diria que o designer mudou de perfume: deixou de lado a fragrância carioca para se embeber nos aromas paulistanos. Afinal, sem Semana de Moda na Cidade Maravilhosa, o jeito é mirar no anfitrião restante.

A marca
Fundada em 1989, no Rio de Janeiro, a Osklen é reconhecida nacional e internacionalmente por suas ações em busca da responsabilidade socioambiental. No DNA da marca, está a construção de uma visão de novo luxo.

No último ano, de acordo com a empresa, para produção da linha de malha PET, a Osklen poupou 119 milhões de litros de água, reduziu em 70% o consumo de energia elétrica e reutilizou 272 mil garrafas plásticas.

Para outras dicas e novidades sobre o mundo da moda, não deixe de visitar o meu Instagram. Até a próxima!

Colaborou Rebeca Ligabue, Hebert Madeira e Danillo Costa

SOBRE O AUTOR
Ilca Maria Estevão

Bacharel em psicologia pela Universidade Georgetown, em Washington D.C. (EUA). É apaixonada por moda e acompanha toda movimentação no universo fashion.

Últimas notícias