Musa eterna da Saint Laurent, Catherine Deneuve estrela nova ação da grife

Aos 77 anos, a atriz francesa posou para as lentes do fotógrafo David Sims, como parte da primavera/verão 2021

atualizado 13/01/2021 15:46

Catherine Deneuve em campanha da Saint Laurent em preto e branco David Sims/Saint Laurent/Divulgação

A atriz Catherine Deneuve foi, durante décadas, musa do falecido estilista Yves Saint Laurent, além de amiga pessoal e cliente da marca homônima. Agora, a francesa está de volta como o rosto da grife em campanha, como parte da primavera/verão 2021. O resultado é elegante e cool, com um toque clássico.

Vem conferir!

Giphy/David Sim/Saint Laurent/Reprodução

Aos 77 anos, Catherine Deneuve posou para as lentes do fotógrafo David Sims. As peças de spring/summer 2021 foram criadas pelo estilista Anthony Vaccarello, atual diretor criativo da Saint Laurent.

Nos cliques, em preto e branco, a protagonista aparece com cabelos ao vento, usando um tradicional trench coat texturizado. Em uma das imagens, Deneuve segura um cigarro eletrônico para aumentar a vibe conceitual e vintage.

Catherine Deneuve em cena do filme Belle du Jour, de 1967
Catherine Deneuve é uma das atrizes mais renomadas de todos os tempos. Foi ela quem sugeriu que Yves Saint Laurent desenhasse o seu figurino para o filme Belle du Jour (1967), do diretor Luis Buñuel

 

Yves Saint-Laurent e Catherine Deneuve
O trabalho nos anos 1960 significou o início de uma intensa amizade, que durou até a morte do designer, em 2008

 

Catherine Deneuve em campanha da Saint Laurent em preto e branco
Para a primavera/verão 2021 da Saint Laurent, a francesa posou para o fotógrafo David Sims

 

Catherine Deneuve, com cigarro eletrônico, em campanha da Saint Laurent em preto e branco
Aqui, com cigarro eletrônico

 

Catherine Deneuve em campanha da Saint Laurent em preto e branco
O resultado do ensaio foi divulgado em preto e branco

 

Durante décadas, Catherine Deneuve acumulou uma verdadeira coleção própria de roupas da Saint Laurent. Em 2019, a atriz colocou à venda cerca de 300 peças de alta-costura da maison. Entre os itens, estavam smokings, casacos e vestidos.

Na época, a francesa anunciou que não tinha mais espaço para guardar as roupas, já que havia colocado à venda sua propriedade na Normandia, onde deixava grande parte do acervo fashion. No total, as peças foram leiloadas por aproximadamente US$ 1 milhão, pela Christie’s Paris.

 

Colaborou Rebeca Ligabue

Últimas notícias