*
 
 

Após tudo que vimos até agora na Semana de Moda de Nova York, podemos confirmar: um senso de nostalgia ronda as coleções. As apresentações continuam bombando, e não são só as roupas demonstrando uma pegada baseada em décadas passadas. A volta das moon boots, de Jeremy Scott – novidade já abordada nesta coluna –, e o catwalking de algumas modelos têm inspiração vintage nesta temporada internacional de outono/inverno.

Quer saber mais sobre isso? Então, vem comigo!

 

Quando falamos em estilo, Anna Sui e Brandon Maxwell não têm praticamente nada em comum. A primeira tem uma história voltada para o boho-chic e o grunge, enquanto o segundo apresenta um estilo mais contemporâneo e feminino. No entanto, nesta temporada, eles compartilham o senso de nostalgia não só em looks e acessórios, mas também trazendo de volta o famoso pivô – aquela voltinha sensual que as modelos costumavam dar na passarela, nas décadas de 1970, 1980 e início dos anos 1990. As tops Kaia Gerber e Joan Smalls resgataram o gesto.


Não se sabe exatamente quando o famoso movimento começou. No entanto, a história da indústria da moda indica que o estilo está, provavelmente, associado à famosa modelo dos anos 1970 Pat Cleveland. “Pat era uma musa para Halston, Stephen Burrows, Giorgio Sant’Angelo e Antonio López. Ela era – e ainda é – mágica”, declarou, certa vez, a designer Diane von Furstenberg para o New York Times.

Dançando, girando e sensualizando no catwalking, a modelo se movia como ninguém. As roupas ganhavam um ar de teatralidade, e tudo parecia ser muito mais performático do que o visto em anos posteriores.

Getty Images Getty Images
Pat tinha outra característica que ajudou a consolidar seu sucesso e parte de sua aura mística: o fato de ela não ter sido uma modelo convencional. De origem irlandesa, sueca e africana, chamava atenção por onde passava, com o diferencial de fugir totalmente dos padrões da época. Nas passarelas de Nova York ou nas capitais europeias da moda, a beleza de Pat era única e captava a singularidade tão sonhada pelos designers dos anos 1970.

Naomi Campbell, Cindy Crawford, Tyra Banks, Kate Moss e todas as supermodelos das décadas de 1980 e 1990 passaram a copiar o pivô de Pat.


Com o tempo, a caminhada pela passarela foi deixando de ter os toques de Broadway, as modelos pararam de sorrir, e o catwalk acabou ficando mais minimalista. Agora, tudo isso parece estar mudando novamente.

O giro tem retornado aos poucos, e eu mal posso esperar para ver quais outras inspirações iremos buscar em épocas passadas. Afinal, tudo que é bom precisa, eventualmente, voltar.

Até a próxima!



Kate Mossnaomi campbellpassarelaPat ClevelandPivô
 


COMENTE

Ler mais do blog