Maria Filó lança segunda edição da linha sustentável Hera

A marca carioca aposta em tecidos biodegradáveis e tingimento com baixo impacto ambiental

Divulgação/Maria FilóDivulgação/Maria Filó

atualizado 09/09/2019 10:26

A responsabilidade social é uma pedida dos novos consumidores. Por isso, questões ambientais se tornaram uma preocupação obrigatória para as marcas que não querem ficar para trás. Para se adequar e também ajudar na conscientização, a Maria Filó criou a linha sustentável Hera, que está em processo de ampliação. A segunda edição da inciativa foi lançada recentemente.

Vem comigo!

 

As peças da Hera são feitas com tingimento de baixo impacto ambiental, além de algodão orgânico e fibras biodegradáveis. Quando descartadas corretamente, levarão um período de até três anos para serem totalmente decompostas por microrganismos do solo.

A linha, como um todo, foi pensada para ser atemporal e durável. “Chegamos à conclusão de que queríamos peças para qualquer ocasião. Uma boa camisa social, uma bela peça de alfaiataria”, explicou Marcela Calmon, estilista da Hera, em comunicado oficial.

Convidada pela marca para falar sobre sustentabilidade, a consultora Camilla Marinho enfatizou que a moda pode ser um agente poderoso de transformação na sociedade. Ela destacou que as gerações da atualidade demandam que as empresas sejam conscientes.

“O novo consumidor é mais fluido, tem acesso à informação e um poder de decisão muito grande. Antigamente, eram as marcas que ditavam as tendências, hoje em dia, nós somos a tendência”, afirmou a especialista no talk.

A segunda edição da Hera está disponível no e-commerce da Maria Filó e em lojas físicas selecionadas. As criações incluem majoritariamente tons neutros e padronagens lisas. Além disso, a etiqueta priorizou a versatilidade e a alfaiataria moderna.

Divulgação/Maria Filó
A Hera foi criada em 2018. Agora, a Maria Filó lança a segunda coleção da linha sustentável

 

Divulgação/Maria Filó
O objetivo é que as roupas sejam atemporais e altamente duráveis

 

Divulgação/Maria Filó
A Hera inclui peças versáteis

 

Divulgação/Maria Filó
A marca investiu na alfaiataria moderna

 

Divulgação/Maria Filó
Tons neutros e shapes descolados harmonizam

 

Divulgação/Maria Filó
Os itens são feitos de algodão orgânico e fibras biodegradáveis

 

Divulgação/Maria Filó
A proposta da label é ampliar cada vez mais as iniciativas sustentáveis

 

Divulgação/Maria Filó
A coleção é elegante e atual

 

Divulgação/Maria Filó
E já está à venda

 

 

Maria Filó

Fundada em 1997 por Célia Osorio, a Maria Filó tem um DNA romântico e vibrante. A primeira loja da label foi aberta em Ipanema, no Rio de Janeiro. Atualmente, a marca tem mais de 60 pontos de venda em todo o Brasil. A direção criativa é de Roberta Ribeiro.

Colaborou Rebeca Ligabue

SOBRE O AUTOR
Ilca Maria Estevão

Bacharel em psicologia pela Universidade Georgetown, em Washington D.C. (EUA). É apaixonada por moda e acompanha toda movimentação no universo fashion.

Últimas notícias