Marca brasileira de sapatos cria coleção para desmistificar o tom nude

A Naked Collection, da Shoestock, foi desenvolvida com uma ampla cartela de cores que se aproximam a diferentes tipos de pele

Divulgação/ShoestockDivulgação/Shoestock

atualizado 23/07/2019 18:33

A diversidade e a representatividade são pedidas constantes no mundo da moda. Afinal, é tempo de mudanças e as marcas precisam se mexer para não continuarem propagando estereótipos, conceitos controversos e até preconceitos. A definição de “nude”, por exemplo, durante muito tempo foi entendida como um tom claro.

No entanto, na verdade, a coloração nada mais é do que o pigmento que mais se aproxima ao tom de pele de cada pessoa. Inspirada na miscigenação brasileira, a Shoestock criou uma coleção para desmistificar a ideia.

Vem comigo!

 

A Naked Collection engloba diferentes modelos de sapatos. As peças foram desenvolvidas com uma cartela ampla de tonalidades similares às da pele humana, que vão muito além de branco e preto. Além da label brasileira, marcas internacionais como Louboutin e Marks & Spencer já tinham realizado iniciativas similares.

O ato representa um importante passo para que mais empresas se conscientizem. Vale lembrar que a questão ultrapassa o universo fashion: durante anos, bailarinas negras não encontravam sapatilhas de dança que combinassem com a própria cor de pele e, por isso, mantinham o hábito de tingi-las.

A coleção da Shoestock inclui sandálias, rasteiras, sapatilhas, scarpins e peep toes. As peças são produzidas com material sintético e têm acabamento em verniz. As nuances foram batizadas de Macadâmia, Noz, Castanha, Amêndoa, Avelã e Cacau.

Os sapatos já estão disponíveis na loja física da marca, em São Paulo, e também no e-commerce. Os preços variam entre R$ 99,90 e R$ 199,90.

 

Confira:

Divulgação/Shoestock
A Shoestock quer mostrar que o nude contempla vários tipos de pele

 

Divulgação/Shoestock
A coleção celebra a diversidade

 

Divulgação/Shoestock
Cada cliente pode conferir qual tom se aproxima mais da cor da própria pele

 

Divulgação/Shoestock
As tonalidades foram batizadas com nomes de castanhas

 

Divulgação/Shoestock
São modelos variados de calçados

 

Divulgação/Shoestock
Há opções de salto e também sandálias baixas

 

Shoestock

Fundada em 1986, a Shoestock é especializada em calçados, mas também oferece acessórios como bolsas, carteiras e cintos. Atualmente, a etiqueta faz parte do grupo Netshoes.

A loja física da label fica em Moema, na capital paulista. Os itens masculinos e femininos também podem ser encontrados em multimarcas.

Colaborou Rebeca Ligabue

SOBRE O AUTOR
Ilca Maria Estevão

Bacharel em psicologia pela Universidade Georgetown, em Washington D.C. (EUA). É apaixonada por moda e acompanha toda movimentação no universo fashion.

Últimas notícias