Brasileira John John inicia expansão internacional com loja em LA

Além do ponto físico, localizado no shopping Westfield Century City, etiqueta também irá participar do NYFW

Divulgação/John JohnDivulgação/John John

atualizado 09/02/2019 11:39

A John John está pronta para desbravar o mercado norte-americano. A etiqueta brasileira acaba de inaugurar sua primeira loja internacional, no shopping Westfield Century City, em Los Angeles, e se prepara para sua estreia no New York Fashion Week na próxima terça-feira (12/2).

Para garantir o sucesso da expansão, a label recorre a um nome de peso: João Foltran, criador da marca. Ele foi convidado a retornar à direção criativa da linha jeans, no ano passado, mirando no público estrangeiro. O intuito é trazer de volta lavagens diferenciadas, que popularizaram a empresa no mercado brasileiro.

Vem saber mais comigo!

Não é de hoje que o mercado norte-americano atrai marcas e designers brasileiros. Após dominar o mercado nacional, os EUA parecem ser a melhor opção para expandir os negócios. A burocracia reduzida, os impostos menos salgados e o menor custo de contratação soam como um sonho para a maioria dos empresários, contudo temos poucos cases de etiquetas que conseguiram vingar na terra do Tio Sam.

Ainda assim, há quem esteja disposto a encarar essa empreitada. De olho no consumo em dólar, o grupo Restoque, detentor das labels Le Lis Blanc, Dudalina, Bo.Bô, John John e Rosa Chá, está levando estas duas últimas para as ruas de Los Angeles e Nova York, mirando no potencial do jeanswear brasileiro no país que mais consome denim no mundo.

Reprodução/Instagram/@johnjohndenim
John John acaba de chegar em Los Angeles

 

Reprodução/Instagram/@johnjohndenim
Ponto fica no shopping Westfield Century City, em Beverly Hills

 

Reprodução/Instagram/@johnjohndenim
Marca pretende conquistar consumidor americano com jeans diferenciado

 

No fim de 2018, a Rosa Chá já havia ganhado um corner na multimarcas Fred Segal, um showroom na Big Apple e uma flagship no shopping Westfield Century City, em Los Angeles, mas agora é a vez de a John John chegar ao poderoso centro de compras localizado em Beverly Hills.

Esta é a primeira loja internacional da etiqueta brasileira, que também estreará na temporada de inverno 2020 da Semana de Moda de Nova York. Marcada para a próxima terça-feira (12), a apresentação vai reunir celebridades como Bruna Marquezine e Fiorella Mattheis no Spring Studios. A Rosa Chá desfila no mesmo dia.

Reprodução/Instagram/@rosacha
Loja da Rosa Chá em LA

 

Reprodução/Instagram/@rosacha
Inauguração teve Bruna Marquezine e Gisele Bündchen

 

Tanto a inauguração quanto o desfile serão marcados pelo retorno de João Foltran. O criador da etiqueta, vendida para o Restoque em 2011, volta à grife para ressuscitar o DNA urbano que conquistou o consumidor brasileiro nos anos 2000. Há um ano e meio, o designer pesquisa padrões que possam seduzir o segmento premium americano.

“Unimos forças para criar um produto com alcance mundial. Los Angeles é referência mundial de um estilo de vida jovem. Lugar perfeito para lançar um produto moderno, com alcance e qualidade internacional. Estou muito animado para mostrar nossos jeans ao mercado externo, especialmente na Itália e nos Estados Unidos”, diz João, já indicando o próximo mercado a ser desbravado pela empresa.

Reprodução/Instagram/@johnjohndenim
Para garantir o sucesso da expansão, João Foltran voltou à grife

 

Divulgação/John John
Campanha com Ansel Elgort

 

Junto com Foltran, retorna também o selo Rivetto D’Oro. Concedida pela fábrica italiana Candiani, com 80 anos de história no segmento denim, a certificação atesta o uso do tecido premium Selvedge Denim. Mais espessa e resistente, essa matéria-prima oferece mais possibilidades de acabamento, customização e lavagens diferenciadas.

O conglomerado Restoque registrou um lucro líquido de R$ 30,2 milhões no segundo trimestre de 2018, uma alta de 266% em comparação ao mesmo período do ano anterior. Em 2016, o grupo fechou no vermelho, com um prejuízo de R$ 61,6 milhões. A recuperação se deu após a holding fechar mais de 50 lojas e aumentar as vendas com preço cheio, o que fez o gasto médio dos clientes aumentar 17,3%.

Reprodução/Instagram/@johnjohndenim
No Brasil, marca acaba de investir em grande festival em Jericoacoara

 

Reprodução/Instagram/@johnjohndenim
Ivete foi uma das atrações

 

Reprodução/Instagram/@johnjohndenim
Anitta também marcou presença

 

Reprodução/Instagram/@johnjohndenim
Etiqueta vestiu Alok em seu casamento

 

Para outras dicas e novidades sobre o mundo da moda, não deixe de visitar o meu Instagram. Até a próxima!

Colaborou Danillo Costa

SOBRE O AUTOR
Ilca Maria Estevão

Bacharel em psicologia pela Universidade Georgetown, em Washington D.C. (EUA). É apaixonada por moda e acompanha toda movimentação no universo fashion.

Últimas notícias