com Rebeca Ligabue, Hebert Madeira e Sabrina Pessoa

C&A lança coleção 50% mais sustentável para o verão 2020

Anualmente, a varejista publica relatórios com gráficos comparando o avanço nas principais metas ambientais da marca

atualizado 04/01/2020 13:11

Brian Dowling/Getty Images for C&A Europe

Uma macrotendência mundial é a sustentabilidade. A cada ano, novos patamares de desenvolvimento sustentável sobre a produção industrial no mercado da moda são alcançados, e a C&A tem buscado o título de empresa de varejo mais sustentável do mundo. 

Vem comigo! 

Desde 2015, a empresa com origem holandesa tem publicado relatórios anuais para alcançar um nível maior de transparência com o público. Por meio de campanhas e ações, a varejista busca aumentar a conexão do seu compromisso com os consumidores. 

Uma das metas otimistas estipulada em 2020 é que as principais matérias-primas utilizadas nas roupas sejam mais sustentáveis. Em 2018, é bom lembrar, 71% de todo o algodão vendido pela C&A era orgânico e certificado.  

 Brian Dowling/Getty Images for C&A Europe
71% do algodão vendido pela C&A é sustentável

 

 Brian Dowling/Getty Images for C&A Europe
Para 2020, a varejista deseja alcançar o patamar de 100% da fibra branca orgânica certificada

 

 Brian Dowling/Getty Images for C&A Europe
Além do algodão, a C&A também pretende trabalhar com matérias-primas mais sustentáveis

Para 2020, o objetivo é que a porcentagem da fibra branca comercializada pela empresa alcance 100%. 

Em entrevista para a plataforma FashionUnited, a diretora de compras da C&A afirmou que mais da metade da última coleção lançada está mais sustentável, ultrapassando o patamar de 50%. 

“80% do nylon usado nas peças de beachwear desfiladas para o SS20 é reciclado”, afirma Brigitte Danielmeyer sobre a linha primaveril 2020 da C&A, exibida na Varsóvia 

Brian Dowling/Getty Images for C&A Europe
A influencer Aida Nemati Forghani marcou presença no desfile da C&A SS20

 

Brian Dowling/Getty Images for C&A Europe
A coleção riscou as passarelas de Varsóvia, na Polônia

 

Brian Dowling/Getty Images for C&A Europe
Itens em couro fake e algodão ecológico chamaram atenção dos fashionistas

“O algodão orgânico é matéria-prima sustentável que é encontrado em nossas coleções. Outro tecido ecologicamente correto que usamos é o Tencel” comenta Brigitte. A buyer complementa que toda a equipe da C&A se preocupa em impactar positivamente a moda, cada um em sua área.

A varejista também busca criar um movimento coletivo sustentável, além de modelos inovadores com maior transparência na confecção e criação de roupas. 

Colaborou Sabrina Pessoa

Últimas notícias