Aruba convida marcas para criarem biquínis do Outubro Rosa

Cinco países da América Latina, incluindo o Brasil, estão participando da campanha #ArubaBikiniTwist, em prol do combate ao câncer de mama

David Troeger/DivulgaçãoDavid Troeger/Divulgação

atualizado 25/10/2019 19:04

Um dos destinos favoritos do Caribe, a ilha de Aruba está no clima do Outubro Rosa com a campanha #ArubaBikiniTwist. A autoridade de turismo da região convocou marcas de cinco países da América Latina para criarem peças inéditas de biquíni em prol da luta contra o câncer de mama. Etiquetas da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia e Peru doarão parte dos lucros dos itens exclusivos para instituições engajadas na causa. A representante brasileira é a marca Água de Sal, que ajudará o Instituto Arte de Viver Bem com 20% do valor de cada peça.

Vem comigo!

A International Agency for Research on Cancer (IARC), uma parte da Organização Mundial da Saúde, estimou cerca de 2,1 milhões diagnósticos de câncer de mama só em 2018. Os biquínis de cada marca foram desenvolvidos exclusivamente para o Outubro Rosa, campanha internacional que conscientiza sobre a doença, e têm um lado cor-de-rosa.

Por isso, a ideia é que as mulheres usem a parte de cima torcida, fazendo o chamado “twist”, e que compartilhem fotos com a hashtag da iniciativa nas redes sociais.

No comunicado à imprensa, a designer da Água de Sal, Fabíola Machado, comentou sobre a oportunidade de contribuir com a proposta. “Nós somos uma marca feita para mulheres reais. Acreditamos que a moda deve estar inserida no dia a dia da nossa cliente. Por isso, sabemos da importância de estarmos antenadas não só em questões de moda, mas também de saúde”, afirmou.

“Torça seu biquíni, marque a #ArubaBikiniTwist e chame atenção para essa causa tão importante. Incentive suas amigas e familiares a realizarem, com frequência, o autoexame”, incentivou a etiqueta pelo Instagram. Apesar de os modelitos terem sido revelados em julho, no Bikini World Day, a venda só começou no dia 15 de outubro, pelo site da marca e na plataforma desenvolvida para a ação.

Instruções para fazer o “twist

 

David Troeger/Divulgação
A convite da ilha de Aruba, em sua nova campanha regional, marcas de cinco países da América Latina criaram biquínis exclusivos em prol do combate ao câncer de mama

 

David Troeger/Divulgação
Argentina, Brasil, Chile, Colômbia e Peru estão participando

 

David Troeger/Divulgação
A marca Água de Sal é a representante brasileira

 

David Troeger/Divulgação
Priscila Uchoa (Brasil), Emily Lucius (Argentina), Daniela Nuñez (Peru), Valeria Ortega (Chile) e Maria Jose Martinez (Colômbia) nas imagens da campanha

 

As peças exclusivas da Água de Sal para a campanha terão 20% de seus lucros destinados ao Instituto Arte de Viver Bem. Há 10 anos, o projeto leva qualidade de vida para diferentes segmentos da sociedade, incluindo as mulheres com câncer de mama.

Para Valéria Baraccat Gyy, fundadora do instituto, os biquínis são um jeito inteligente de chamar atenção para o autoexame, fundamental no diagnóstico precoce.

“A venda dos biquínis e campanhas como essa são importantes para lembrar as mulheres sobre a importância de ir ao ginecologista uma vez ao ano e fazer a mamografia e/ou outro exame a critério do especialista”, destacou.

Diretor da Autoridade de Turismo de Aruba no Brasil, Carlos Barbosa acredita que o turismo é um espaço para aumentar o alcance da mensagem do Outubro Rosa, uma vez que atinge públicos diversificados.

Reprodução/Instagram/@aguadesal
Modelo de biquíni desenvolvido pela Água de Sal para a campanha de Aruba

 

Reprodução/Instagram/@aguadesal
Na parte traseira da peça de baixo, uma estampa inspirada na ilha caribenha

 

Reprodução/Instagram/@aguadesal
O modelo é reversível e tem um lado cor-de-rosa

 

Reprodução/Instagram/@aguadesal
Ao torcer a parte de cima, fazendo o “twist”, um dos lados do top vira metade vermelho, metade rosa

 

Para aumentar o alcance nas redes sociais, Aruba convidou as influenciadoras Pamela Otero e Stella Abreu. Nos posts, elas chamam atenção para o exame de rotina e convidam as seguidoras para fazerem o “twist” em seus biquínis e compartilharem a tag #ArubaBikiniTwist.

View this post on Instagram

Dezenove de Outubro: dia Internacional de combate ao câncer de mama! . O câncer de mama afeta mais de 60mil brasileiras todos os anos… E a doença tem aumentado em mulheres com menos de 35 anos. Precisamos nos cuidar e nos ajudar. . Sedentarismo, má alimentação, gestação tardia entre outros, são fatores de risco da doença… Você tem cuidado com carinho de você mesma? . . . Para te fazer lembrar da causa a @aguadesal_ juntamente com @aruba_br fez esse modelo lindo de biquíni. O TWIST, pra você torcer a parte de cima e usar como você quiser. Parte das vendas vai pra instituição @artedeviverbem que cuida de pessoas em situação de câncer. Torça seu bikini ! Faça seus exames e vamos de mãos dadas na luta contra o câncer de mama! 💗 #bikini #brazilianactress #aruba #cancerdemama #arubabikinitwist

A post shared by Pamela Otero ॐ (@pamelaotero) on

View this post on Instagram

🌸 Mais de 60 mil brasileiras são diagnosticadas com câncer de mama por ano. Destas, mais de 70% em estágio avançado. Vale destacar que a doença tem crescido entre as mulheres com menos de 35 anos. Estilo de vida sedentário, alimentação inadequada e gestação tardia são alguns dos fatores que influenciam… O que você tem feito pela sua saúde? Para te lembrar da prevenção do Câncer de Mama, @aguadesal_ e @aruba_br se uniram para lançar o Bikini Twist. Torça o seu biquíni e chame a atenção para esta causa, marcando #ArubaBikiniTwist . Lembre-se de me marcar porque quero compartilhar esse grande movimento em um simples gesto. ✨Parte das vendas do Bikini Twist será revertida para o Instituto @artedeviverbem. . . . . Ph @selvabizarria

A post shared by STELLA ABREU (@stellabreu) on

Os outros parceiros da campanha regional são: a marca Cipitria e a ONG Fundación Avon, da Argentina; no Chile, Sebastián del Real e Corporacíon Yo Mujer; da Colômbia, Mola Mola e Fundación Alma Rosa; por fim, Capittana e Lazo Rosado, do Peru. Uma etiqueta de Aruba, a Giglioga, também participa da iniciativa, com 5% dos lucros para o instituto Mary Jones.

Colaborou Hebert Madeira

SOBRE O AUTOR
Ilca Maria Estevão

Bacharel em psicologia pela Universidade Georgetown, em Washington D.C. (EUA). É apaixonada por moda e acompanha toda movimentação no universo fashion.

Últimas notícias