Adventure Club: Nike lança serviço de assinatura de tênis infantis

Voltado para crianças de 2 a 10 anos, o programa promete mais de 100 modelos diferentes de sneakers da Nike e da Converse

Reprodução/NikeReprodução/Nike

atualizado 15/08/2019 15:38

A Nike lançou oficialmente um serviço de assinatura de tênis infantis para os pais que não querem perder tempo em lojas de calçados. Como os pés dos filhos crescem constantemente, o Nike Adventure Club promete ser uma alternativa prática. O programa, testado por dois anos sob o nome EasyKicks, oferece sneakers para crianças de 2 a 10 anos. Para a label norte-americana, é também uma oportunidade de construir um relacionamento com o público infantil.

Vem comigo!

Por enquanto, o serviço só funciona nos Estados Unidos e não tem previsão de chegar ao Brasil. No lançamento, nessa segunda-feira (12/08/2019), a marca disponibilizou uma lista de espera para os novos membros, que são adicionados diariamente.

Tudo funciona por meio de uma taxa mensal, sem cobrança de frete para entregas e trocas. No caso de um par de sapatos vir no tamanho errado, por exemplo, os pais têm até sete dias para conseguir um outro exemplar.

“Ao fornecer calçados, estamos sempre tentando responder: ‘O que as crianças querem?’. Mas uma questão igualmente importante é: ‘Que tipo de experiência estamos fornecendo para os pais?’. Queremos fazer das compras de calçado o mais conveniente possível para eles”, disse Dominique Shortell, diretora de Experiência e Retenção de Produtos do Nike Adventure Club, em comunicado.

No Adventure Club, os pais poderão escolher mais de 100 modelos da Nike e da Converse (comprada pela Nike em 2003), do estilo casual ao esportivo.

São três opções de assinatura: mensal (US$ 50, 12 pares), bimestral (US$ 30, seis pares) e trimestral (US$ 20, quatro pares). A subscrição pode ser pausada ou atualizada a qualquer momento.

Divulgação/Nike
Lançado oficialmente nessa segunda-feira (12/08/2019), Nike Adventure Club é o primeiro serviço de assinatura de calçados infantis da Nike

 

Divulgação/Nike
O programa oferece envios mensais, bimestrais ou trimestrais de tênis infantis, com preços que variam de US$ 20 a US$ 50

 

Divulgação/Nike
Junto aos calçados, a marca enviará “guias de aventura”, com dicas de atividades para os filhos praticarem com os pais

 

Reprodução/Instagram/@nikeadventureclub
A proposta é uma forma de a Nike criar um relacionamento com o público infantil

 

Reprodução/Instagram/@nikeadventureclub
O frete é gratuito para as entregas e trocas, que devem ser feitas em até sete dias

 

Junto aos calçados, a marca envia “guias de aventura”, com dicas de jogos e atividades ao ar livre para serem praticadas com os pais. O conteúdo é uma parceria com a organização sem fins lucrativos KaBoom, que estimula um estilo de vida saudável e ativo para os jovens. As caixas têm os nomes das crianças grafados.

Duas vezes ao ano, a Nike enviará, ainda, um pacote pré-pago para o recolhimento dos calçados que não servirem mais nos pequenos. Uma das coletas ocorrerá em abril, próxima ao Dia da Terra, e a outra acontecerá em novembro, perto do Dia de Ação de Graças. Os exemplares que estiverem em bom estado serão doados, enquanto os outros serão reciclados por meio do programa Nike Grind. Caso os pais gostem, podem ficar com eles.

Reprodução/Instagram/@nikeadventureclub
Os tênis da Converse, empresa comprada pela Nike em 2003, também estão inclusos. Ao todo, são mais de 100 modelos

 

Reprodução/Instagram/@nikeadventureclub
Os “guias de aventura” estimulam que as crianças mantenham um estilo de vida saudável e ativo

 

Reprodução/Instagram/@nikeadventureclub
Para crianças que praticam esportes e desgastam os tênis, a iniciativa pode ser uma boa alternativa

 

Reprodução/Instagram/@nikeadventureclub
Os tênis que não servirem mais serão recolhidos pela Nike e, posteriormente, doados ou reciclados. No entanto, também é possível ficar com os pares!

 

Apesar do lançamento oficial nesta semana, a Nike já vinha testando o formato desde 2017, sob o nome EasyKicks. Durante esse período, reuniu 10 mil membros. No futuro, a marca pode expandir o serviço com outros tipos de produtos e públicos, como os corredores.

No mercado de moda, os serviços por assinatura já não eram novidade. Entre as empresas que já investem no formato estão Walmart, em parceria com o Kidbox, de roupas infantis. O grupo URBN, que detém a Urban Outfitters, tem uma plataforma de aluguel de roupas para assinantes chamada Nuuly.

 

Colaborou Hebert Madeira

SOBRE O AUTOR
Ilca Maria Estevão

Bacharel em psicologia pela Universidade Georgetown, em Washington D.C. (EUA). É apaixonada por moda e acompanha toda movimentação no universo fashion.

Últimas notícias