Ney Ferraz assume Inas, conselho da Terracap e permanece à frente do Iprev

Decreto deste sábado também traz a exoneração, a pedido, de Ricardo Peres, que ocupava a presidência do instituto

atualizado 20/06/2020 17:17

Ney Ferraz, presidente do Iprev Reprodução

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB-DF), nomeou Ney Ferraz Junior (foto em destaque) para ocupar o cargo de presidente do Instituto de Assistência à Saúde do Servidor (Inas). A publicação saiu em edição extra do Diário Oficial do DF neste sábado (20/06). O decreto traz a exoneração, a pedido, de Ricardo Peres, que ocupava a presidência do instituto.

Peres informou à coluna Grande Angular nessa semana que pediu exoneração para se dedicar a projetos pessoais. Nos bastidores, no entanto, circula que o ex-presidente do Inas não estava disposto a se desgastar na condução do processo licitatório que vai definir novo plano de saúde para todos os servidores do GDF.

Ney Ferraz chegou a ser exonerado da presidência do Instituto de Previdência dos Servidores do Distrito Federal (Iprev), neste sábado (20/06), mas, posteriormente, uma outra edição extra do Diário Oficial do DF retificou a informação e o deixou com acúmulo de cargos, ou seja, ele permanece no Iprev, mas também assume o Inas.

No último dia 10, ele foi nomeado pelo governador Ibaneis Rocha para o Conselho de Administração da Terracap. Pela participação no colegiado, que o obriga a uma reunião mensal, vai receber jetom de R$ 10 mil. E, no começo do ano, passou a integrar o conselho fiscal da CEB Geração S.A.

Depois da publicação desta matéria, Ney Ferraz quis esclarecer alguns pontos de sua vinculação com o GDF. O presidente do Iprev e do Inas disse que solicitou renúncia do conselho da CEB via Sistema Eletrônico de Informação (SEI).

“Reitero que poderia acumular as funções normalmente, sem nenhuma vedação. O que não pode é acumular remunerações”, afirmou.

De acordo com o DODF deste sábado, Ney Ferraz vai acumular as funções no Inas e no Iprev sem sobreposição de salários.

Mulher também acumulava cargos

Nesta semana, outra situação funcional envolvendo a esposa de Ferraz chamou atenção e virou notícia na capital federal e no Piauí, estado de origem do casal. Recentemente, Emanuela Dourado Rebelo Ferraz foi indicada para vice-presidência do Instituto de Gestão Estratégica do Distrito Federal (Iges-DF).

Na ocasião, ela acumulava três cargos comissionados. Emanuela era, até a semana passada, lotada ao mesmo tempo no Iges-DF, no Governo do Piauí e na Câmara dos Deputados. A sobreposição de cargos foi revelada pelo site GP1 e confirmada pelo Metrópoles.

Ney, ao comentar sua indicação para o Inas, disse o seguinte: “Vou responder a todas as críticas através da única coisa que sei fazer na minha vida: trabalhar”.

0

 

Troca-troca 
A semana foi marcada por troca-troca no alto escalão do Executivo local. O secretário de Educação do DF, João Pedro Ferraz, também foi exonerado. A saída do cargo ocorreu a pedido, conforme publicação na edição extra do DODF. A escolhida para ocupar a função de secretária de Educação do DF foi Carolina Louzada Petrarca. Ela é advogada, irmã do chef de cozinha Marcelo Petrarca e administra os restaurantes da rede.

Nessa sexta-feira (19/06), um dia depois de ter o nome publicado no Diário Oficial, Carolina deixou o cargo. Em seu lugar, entrou Leandro Cruz, ex-ministro de Michel Temer e ex-secretário de Esporte e Lazer do DF.

Também foi formalizado o afastamento do advogado Valdetário Andrade Monteiro do cargo de chefe da Casa Civil esta semana. Como mostrou a Grande Angular, Valdetário resolveu voltar para a advocacia e deixar o dia a dia do GDF.

Quem assume o posto é Gustavo Rocha, que foi ministro dos Direitos Humanos no governo de Michel Temer (MDB) e atuou como secretário de Justiça e Cidadania do DF. Após sair da Sejus-DF para dar lugar a sua esposa, a advogada e arquiteta Marcela Passamani, Rocha assumiu a função de chefe da Assessoria Especial de Estratégia do governador Ibaneis Rocha (MDB).

Confira as mudanças: 

0

Colaborou Marc Arnoldi

Últimas notícias