“Não sonhem com um cargo comissionado”, aconselha primeira-dama em vídeo

Mayara Noronha se pronunciou em uma rede social. "Recebo muitos pedidos de emprego. Eu me coloco no lugar das pessoas", explicou

Material cedido ao MetrópolesMaterial cedido ao Metrópoles

atualizado 28/01/2020 10:25

Angustiada com a quantidade de pedidos de emprego que recebe nas redes sociais, a primeira-dama do Distrito Federal, Mayara Noronha, decidiu se pronunciar. “Não dá para colocar todo mundo dentro do governo”, afirmou a advogada em vídeo publicado no Instagram.

Na gravação, Mayara recomendou que as pessoas procurem vagas em outros lugares e aconselhou: “Não sonhem com um cargo comissionado”.

À Grande Angular, Mayara contou que fica comovida com a abordagem de alguns seguidores. “Recebo muitos pedidos de emprego. Eu me coloco no lugar das pessoas. Muitos pedidos são desesperados. Ou a senhora me ajuda, ou minha família vai passar fome. Ouvir isso é muito desesperador”, afirmou à coluna.

Mayara também mandou um recado para os servidores comissionados. “Não ache que você foi escolhido porque você é o bambambã”, afirmou no vídeo compartilhado no Instagram.

“Eu quis dizer que temos que pensar no coletivo. O nosso objetivo é um só: fazer um bom governo para as pessoas”, explicou a primeira-dama à Grande Angular.

Confira:

SOBRE OS AUTORES
Lilian Tahan

Dirige desde setembro de 2015 o site de notícias Metrópoles. É formada em comunicação social pela Universidade de Brasília (UnB), com especialização em jornalismo digital e gestão de empresa de comunicação pela ISE Business School, instituição vinculada à Universidade de Navarra, na Espanha. Antes do Metrópoles, trabalhou por 12 anos no Correio Braziliense e dois anos na revista Veja Brasília. Ao longo da carreira, conquistou prestigiados prêmios de jornalismo, como Esso, Embratel, CNT, CNI, AMB, MPT, Engenho.

Gabriella Furquim

Formada em jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB), com experiência em redação, assessoria de imprensa e gestão de comunicação. Atua na área desde 2009. Integrou as equipes de reportagem e edição dos jornais Correio Braziliense e Aqui DF. Em 2014, coordenou a comunicação da Associação Nacional dos Centros de Defesa da Criança e do Adolescente, Seção Defence for Children Brasil (Anced/ DCI Brasil), e do projeto internacional Red de Coaliciones Sur. De 2015 a 2017, foi assessora de imprensa do governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg.

Últimas notícias