Moradora do Guará de 67 anos é a 28ª vítima do coronavírus no DF

Paciente estava no Hospital de Base. Segundo a Secretaria de Saúde, número de infectados na capital do país chegou a 1.317

Emergência do Hospital de BaseJP Rodrigues/ Metrópoles

atualizado 27/04/2020 18:53

O Distrito Federal registrou a 28ª morte em decorrência do novo coronavírus. A informação consta em balanço divulgado pela Secretaria de Saúde na tarde desta segunda-feira (27/04).

A vítima é uma mulher de 67 anos, moradora do Guará, que foi internada no Hospital de Base no sábado (25/04). Ela tinha comorbidades (diabetes, hipertensão arterial sistêmica e neoplasia) e morreu no domingo. O óbito, no entanto, só foi divulgado nesta segunda.

Segundo a pasta, o número de pessoas contaminadas subiu de 1.275, segundo levantamento feito às 13h, para 1.317. Desses casos, 1.189 foram confirmados por meio de exames PCR e 128 através de testes rápidos.

Ainda de acordo com o documento atualizado às 17h15, há 73 pessoas internadas, sendo que 34 estão em unidades de terapia intensiva (UTIs).

Segundo os índices, 705 pessoas conseguiram se recuperar da doença.

Confira:

Outra morte no fim de semana

27ª vítima do coronavírus no Distrito Federal morava em Águas Claras. Conforme mostrou a coluna Grande Angular, nesse domingo (26/04), a servidora pública aposentada Celina Xavier Gontijo, 63 anos, morreu após complicações em decorrência da doença.

Em entrevista ao Metrópoles, Rebecca Gontijo, 33, filha da vítima, contestou a informação de que a mãe tivesse comorbidades. Ela afirmou que Celina se cuidava, respeitava o isolamento e “amava viver“.

A aposentada foi internada no Hospital das Forças Armadas (HFA) em 31 de março. No dia 1 de abril, ela precisou ser entubada e transferida para a unidade de terapia intensiva (UTI). Morreu no sábado (25/04).

A falta de cuidados para evitar a proliferação do coronavírus em Águas Claras é observada por Rebecca. “Moro lá e as pessoas andam como se nada estivesse acontecendo. O comércio está lotado e ninguém está de máscara”, enfatizou. Celina deixou três filhos e o marido.

Últimas notícias