Deputado diz que Mangueira desrespeita cristãos: “Lamentável”

A escola de samba do Rio de Janeiro levou ao desfile diversas representações de Jesus, além de falar em hipocrisia religiosa

Reprodução/Twitter

atualizado 26/02/2020 13:12

O deputado federal Julio Cesar Ribeiro (Republicanos-DF) criticou o desfile da Mangueira, que trouxe representações de Jesus como mulher, índio e negro com furos de bala pelo corpo.

A escola de samba do Rio de Janeiro teve no enredo hipocrisia religiosa, violências sofridas por minorias, e apresentou apóstolos dançando funk sobre a Santa Ceia.

No Twitter, Julio Cesar publicou uma imagem sobreposta pela frase: “Mangueira desrespeita cristãos em seu desfile”. O parlamentar ressalta que é “simplesmente lamentável a postura da Escola de Samba Mangueira”.

E o deputado convidou usuários a deixarem opinião nos comentários.

Julio Cesar também se revoltou, em dezembro de 2019, com o especial de Natal do Porta dos Fundos que insinuava relacionamento de Jesus com outro homem.

Últimas notícias