O Palmeiras não está sendo favorecido pela arbitragem. Entenda

Toda essa história de favorecimento começou na 22ª rodada, no empate contra o Internacional, quando o Porco ainda estava a 3 pontos do líder

Palmeiras/FlickrPalmeiras/Flickr

atualizado 07/11/2019 17:43

Muita gente está convencida de que o Palmeiras está sendo favorecido pelos erros de arbitragem. O motivo seria manter a equipe paulista na briga pelo título contra o Flamengo.

Já atuei como árbitra assistente e pela minha experiência os árbitros não erram de propósito. No futebol existem variáveis: chutes na trave, passes errados, pênaltis perdidos e claro o erro de arbitragem. Tudo isso faz parte do jogo. Não acredito em má fé, mas acredito em arbitragens ruins.

O que está acontecendo com a arbitragem em jogos do Palmeiras é uma infeliz coincidência. Se levarmos em conta as últimas rodadas, realmente as decisões da arbitragem são favoráveis à equipe paulista. Mas quando analisamos o campeonato por inteiro, que é muito longo, o verdão não leva tanta vantagem assim.

Toda essa história de favorecimento começou na 22ª rodada, no empate contra o Internacional. Antes desse jogo, o Palmeiras estava apenas a 3 pontos do líder Flamengo. No final do jogo, os palmeirenses reclamaram muito do gol anulado por uma bola na mão de Willian no início da jogada. O gol foi bem anulado com ajuda do VAR. O único erro foi que ao invés de marcar a falta sofrida por Willian antes da mão, o árbitro deu falta para o Inter.

De lá pra cá outros lances polêmicos envolvendo o Palmeiras reforçaram ainda mais a desconfiança dos torcedores em relação a arbitragem.

23ª rodada: Palmeiras 1 x 1 Atlético-MG
Nesse jogo Felipe Melo deu um empurrão em Igor Rabelo para tirá-lo da jogada. O árbitro não marcou nada, nem o VAR chamou. Pênalti não marcado para o Atlético.

26ª rodada: Palmeiras 1 x 0 Chapecoense
Gum, da Chape, deu uma entrada para amarelo mas o árbitro deu vermelho. Expulsão exagerada que o VAR não chamou.

28ª rodada: Avaí 1 x 1 Palmeiras
Deyverson possivelmente é tocado pelo zagueiro do Avai dentro da área. Esse lance gerou muita repercussão pelas piruetas do jogador palmeirense e suas declarações após o jogo, falando que cair é o seu papel. Em campo o árbitro não marcou nada, mas olhando as imagens do VAR ele deu a penalidade. A imagem não era conclusiva, havia muita chuva. Sem provas, deveria ter prevalecido a decisão de campo de deixar o jogo seguir.

30ª rodada: Palmeiras 1 x 0 Ceará
O gol do Ceará foi anulado por impedimento de Bergson. Na transmissão a TV congelou a imagem e a posição do jogador cearense era legal. Mas no VAR, com um frame à frente, a posição dele passou a ser irregular. Isso provou que a tecnologia pode até ser 100%, mas ela é operada por seres humanos que estão sujeitos a erros. Até agora a CBF não deu nenhuma prova de que a anulação foi correta. Seguimos esperando.

31ª rodada Vasco 1 x 2 Palmeiras
Nesse jogo o lance mais contestado pelos vascaínos foi a não marcação da falta antes do gol palmeirense. Lance total de interpretação que o VAR fez bem em não entrar. Achei que não foi falta, mas essa discussão é longa. A unanimidade é que a arbitragem de ontem estava perdida. O que ajudou a fortalecer o coro daqueles que acreditam que o Palmeiras está sendo favorecido. O resultado foi um jogo sem emoção. Se teve alguém que foi desfavorecido não foi o Vasco ou o Palmeiras, foi quem assistiu a partida.

Se olharmos apenas esses lances o Palmeiras conta com várias marcações de arbitragem a seu favor. Por outro lado, se analisarmos todas as intervenções do VAR (exceto erro de identificação de jogador) desde o início do campeonato, houve 15 mudanças de decisão em jogos do Palmeiras. Foram 9 mudanças contra o Palmeiras e apenas 6 favoráveis.

Marcações contra o Palmeiras:
Rodada 7: Chapecoense 1 x 2 Palmeiras
Pênalti marcado para a Chape.

Rodada 8: Palmeiras 1 x 0 Athletico-PR
Vermelho anulado do Athletico.

Rodada 11: Ceará 2 x 0 Palmeiras
Pênalti desmarcado para o Palmeiras.

Rodada 14: Palmeiras 2 x 2 Bahia
Dois pênaltis para o Bahia.

Rodada 17: Flamengo 3 x 0 Palmeiras
Gol anulado do Palmeiras.

Rodada 22: Internacional 1 x 1 Palmeiras
Gol anulado do Palmeiras.

Rodada 24: Santos 2 x 0 Palmeiras
Vermelho para o Palmeiras.

Rodada 28: Avaí 1 x 2 Palmeiras
Pênalti para o Avaí.

Marcações a favor do Palmeiras:
Rodada 6: Botafogo 0 x 1 Palmeiras
Pênalti marcado para o Palmeiras.

Rodada 9: Palmeiras 2 x 0 Avaí
Gol dado Palmeiras.

Rodada 12: Palmeiras 1 x 0 Vasco
Pênalti para o Palmeiras.

Rodada 18: Goiás 1 x 2 Palmeiras
Gol dado para o Palmeiras.

Rodada 24: Santos 2 x 0 Palmeiras
Gol anulado do Santos.

Rodada 28: Avaí 1 x 2 Palmeiras
Pênalti para o Palmeiras.

O fato é que não existe essa de favorecimento. Pelo menos eu não acredito nisso. O campeonato tem 38 rodadas, mas o que fica marcado é o desempenho dos árbitros nas rodadas finais. O peso das decisões tomadas agora é bem maior do que no início da competição. Assim funciona o campeonato de pontos corridos. Os árbitros precisam entender isso e saber que o erro a partir de agora vai interferir muito tanto na classificação final do campeonato quanto na sua carreira com o apito.

SOBRE O AUTOR
Fernanda Colombo

Natural de Criciúma (SC), mora no Rio de Janeiro (RJ). Formada em educação física com especialização em jornalismo esportivo. Ex-bandeirinha da CBF aspirante à FIFA. Escritora, apresentadora e comentarista de arbitragem.

Últimas notícias