Ford usa realidade aumentada para ajudar mecânicos em concessionárias

Com óculos especiais, tipo Pokémon Go, engenheiros em São Paulo diagnosticam e até resolvem problemas. Dez lojas participam do projeto

Foto: FordFoto: Ford

atualizado 12/02/2019 19:14

São Paulo – Hoje, se um carro apresenta um defeito e os técnicos das concessionárias não conseguirem resolver, as montadoras enviam um engenheiro à loja para ajudar na resolução. Essa logística está perto do fim.  

Nesta terça (12/02), na abertura da Campus Party de São Paulo, da qual é patrocinadora pela sétima vez consecutiva, a Ford anunciou que técnicos e mecânicos de 10 concessionárias foram treinados para usar a realidade aumentada.

A tecnologia, que ficou mais popular a partir do Pokémon Go, põe uma camada virtual (com tela e óculos especiais) sobre um objeto ou espaço real.

Assim, os engenheiros verão o que exatamente o que o mecânico vê na oficina – a partir de um software, criado pela própria Ford, que interliga essas imagens.

“Essa iniciativa proporcionará redução significativa do tempo de diagnóstico”, diz Joaquim Arruda Pereira, diretor de serviço ao cliente da Ford América do Sul. “Com isso, haverá aumento da produtividade e da capacidade de atendimento das oficinas”.

Depois dessa fase, está prevista a expansão para toda a rede em 2020.

SOBRE O AUTOR
Renato Ferraz

Pernambucano e jornalista desde 1988. Trabalhou em veículos como Diário de Pernambuco, no Recife; revista Veja, em Belo Horizonte; Correio Braziliense, em Brasília. Tem duas pós-graduações: uma pelo Instituto Internacional de Ciências Sociais/Universidad de Navarra e outra pelo Centro Universitário de Brasília (UniCeub). Cobre o setor automobilístico há 15 anos.

Últimas notícias