Ei, taxista e motorista de app: chegou o Grand Siena pronto para GNV

Preparação especial custa R$ 690 para a versão Attractive com motor 1.4 de 88cv (que custa R$ 54.990). Fiat dá garantia de um ano para o kit

Foto: FCA/DivulgaçãoFoto: FCA/Divulgação

atualizado 03/05/2019 9:56

Parece uma gambiarra bem brasileira, e até é mesmo. Mas, em tempos de gasolina valendo mais do que um rim, compensa, sim, usar gás GNV. Principalmente para quem roda muito, em torno de 3 mil quilômetros/mês.

Pensando nesse público – especialmente taxistas e motoristas de aplicativos como o Uber-, a Fiat começou a vender Grand Siena com preparação de fábrica para aceitar GNV.

Foto: FCA/Divulgação

A versão 1.4 Attractive custa R$ 54.990 – com R$ 690 pela preparação, deixando o preço final em R$ 55.680.

O kit (obrigatório ser de quinta geração e certificado pelo Inmetro) pode custar até R$ 5 mil. A Fiat oferece manutenção da garantia original de um ano para esses kits.

Foto: FCA/Divulgação

Para adequar o Grand Siena ao GNV, os engenheiros da marca alteraram o motor: o cabeçote tem válvulas com material mais resistente e nova geometria, para aumentar a durabilidade. O coletor de aspiração é novo, projetado para receber os bicos injetores de gás na posição correta e evitar desperdícios e desgaste do motor.

A Fiat garante: é possível recuperar o custo do kit GNV em até seis meses, se considerar um motorista que rode 3 mil quilômetros/mês.

Foto: FCA/Divulgação

O Grand Siena vem com motor 1.4 Fire de 88cv a 5.750rpm e 12,5kgfm de torque.O câmbio é manual de 5 marchas. Oferece ar-condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos dianteiros com função “um toque” e computador de bordo.

SOBRE O AUTOR
Renato Ferraz

Pernambucano e jornalista desde 1988. Trabalhou em veículos como Diário de Pernambuco, no Recife; revista Veja, em Belo Horizonte; Correio Braziliense, em Brasília. Tem duas pós-graduações: uma pelo Instituto Internacional de Ciências Sociais/Universidad de Navarra e outra pelo Centro Universitário de Brasília (UniCeub). Cobre o setor automobilístico há 15 anos.

Últimas notícias