Leptospirose em cães: confira os sintomas, causas e tratamentos da doença

Da mesma forma que em humanos, a doença canina se desenvolve a partir de um contato que o animal teve com a urina de rato

atualizado 04/01/2021 11:20

Cachorro depressivo Reprodução/ FreePik

A leptospirose em cachorro é uma das doenças mais graves que o seu animal poderá contrair durante a vida. Infelizmente, isto é um fato. No entanto, há muitas outras coisas que precisamos saber sobre o assunto para que possamos oferecer uma vida mais tranquila e saudável para o cão, de modo que ele não contraia a doença ou possa se livrar dela caso a contraia.

A leptospirose em cães é uma realidade e nenhum cãozinho está livre dela, caso as medidas para isso não sejam tomadas. Da mesma forma que em humanos, a doença canina se desenvolve a partir de um contato que o animal teve com a urina de rato. Afinal, é na urina do rato que está presente a bactéria leptospira, que desenvolve esta grave doença nos pets.

Esta é uma bactéria muito comum no organismo de todos os ratos, só que de uma forma natural e que não faça mal. O problema é quando a bactéria salta do rato e invade o organismo de outro hospedeiro que não está preparado para lidar com ela. Neste caso, o estrago pode ser grande e, muitas vezes, pode até levar o cachorro a óbito.

Leia a matéria completa no Portal do Dog.

Últimas notícias