Estudo aponta que gatos imitam a personalidade de seus donos

Por meio de uma série de entrevistas com mais de 3 mil tutores sobre seus bichanos, chegou-se a incrível constatação

Reprodução/UnsplashReprodução/Unsplash

atualizado 21/09/2019 6:49

Independentes, charmosos e com personalidade única, os gatos são animais mal interpretados e carregam a má fama de serem egoístas, ariscos e pouco carinhosos. Uma pesquisa realizada pela revista Plos One mostrou que, na realidade, os bichanos tendem a copiar o comportamento de seus tutores.

Por meio de uma série de entrevistas com mais de 3 mil tutores sobre seus bichanos, chegou-se a incrível constatação. No questionário apresentado, foram elencadas perguntas sobre a idade do animal, número de gatos do tutor, problemas de comportamento e até mesmo o nível de satisfação do dono em relação ao animal.

A pesquisa colocou também um inventário dos cinco traços mais comuns entre os gatos: extroversão, amabilidade, abertura, consciência e neurose, para que os tutores marcassem qual traço eles identificavam no animal.

Ao final, foi concluído que uma pessoa tímida tende a criar um gato tímido, uma pessoa carinhosa tende a criar um gato carinhoso e uma pessoa neurótica tende a, seguindo a linha de pensamento, criar um gato neurótico. Assim como, muitas vezes, acontece também com as crianças.

SOBRE O AUTOR
Zilá Motta

Graduanda em jornalismo no Centro Universitário Iesb, tem experiências como repórter e social media. Apaixonada pelo mundo pet, está atualmente como estagiária na coluna É o Bicho!

Últimas notícias