As curiosidades, tendências e novidades do mundo pet

Cachorro vingativo: existe uma explicação para a “revolta” dos pets?

Questões de sobrevivência provam que o cachorro não está sendo vingativo. Mas sim, tentando se adaptar a situação

atualizado 17/02/2021 10:32

Cachorro com rolo de papel higiênico Reprodução/ Freepik

Muita gente acredita que existem cachorros vingativos. Muitos comportamentos como destruir objetos ou fazer uma grande bagunça foram observados por tutores, principalmente quando saíram de casa sem levar seu animal ou por uma bronca recente. Mas será que existem cachorros vingativos? O que esses comportamentos indesejáveis têm a dizer sobre o temperamento canino.

Muitos tutores querem humanizar os comportamentos dos cães. Na verdade, nem todo comportamento deve ser interpretado ao pé da letra. Isso reflete nos hábitos inadequados quando o tutor sai de casa, fazendo com que o ambiente seja propício para o pet não-educado “aprontar”.

Por isso, é comum alguns casos de cães que fazem xixi na porta, nos tapetes e até em cima do travesseiro dos seus tutores. Mas não se preocupe, isso não é uma vingança a qual o cachorro planejou. Esse pode ser um comportamento associado à sua sobrevivência. Além disso, quando o cachorro se mostra mais agressivo com algumas pessoas, saiba que essa não é uma vingança, apenas pode ser uma associação aos fatos um dia vividos.

Contudo, ainda surge a dúvida: por que meu cachorro parece estar se vingando? Alguns comportamentos ainda precisam ser explicados. Questões de sobrevivência provam que o cachorro não está sendo vingativo. Mas sim, tentando se adaptar ao ambiente novo (sem o tutor) ou ficar longe da mãe.

Outra situação para a ideia de cachorro vingativo é que ele pode estar passando por situações de grande estresse, ansiedade e até se protegendo através do gatilho de um trauma vivido.

Leia a matéria completa no Portal do Dog.

Últimas notícias