Categorias: É o bicho!

Amor a toda prova: adotar um cão adulto é excelente escolha; entenda

Adotar um animalzinho para ser seu companheiro e amigo em todos os momentos não é uma decisão fácil. Afinal, é preciso ter em mente que aquele bichinho necessita de muitos cuidados e irá te acompanhar por uma boa parte da vida. Mas, ao pensar no gesto, os fofíssimos filhotes são os primeiros que vêm à cabeça. No entanto, é fundamental ir além do óbvio: já pensou na possibilidade de adotar um animal adulto?

A professora Ana Luíza Andrade estava passando por um período de mudanças na vida: a mãe havia falecido e o irmão estava saindo de casa. Foi nesse momento que a docente percebeu a importância de uma companhia. Em seguida, veio o receio de não dispor de tanto tempo para cuidar de um filhote.

“Comecei a procurar por cães adultos por vários motivos. Não teria preocupação com o tamanho, ele não iria destruir minhas coisas e os traços de personalidade me atenderiam melhor”, relembra.

Então, Ana encontrou Tunico, um vira-lata com cerca de três anos de idade. O cachorro chegou à residência da educadora já adestrado e com personalidade formada. Para a professora, tais características foram um grande benefício, tendo em vista se tratar de uma adoção sem muitas surpresas ou dificuldades.

Fim do abandono

E as vantagens de levar um cãozinho mais velho para casa não param por aí. Ao adotar uma espécie na idade adulta, você está ajudando a salvar uma vida, além de dar nova chance a animais que, muitas vezes, foram abandonados.

Ana Paula Vasconcelos é advogada e vice-presidente da Comissão de Direito dos Animais da OAB. Apaixonada pela causa animal, vive hoje em seu lar com 10 cachorros adultos resgatados.

Ursula, uma das cadelas adultas adotadas por Ana Paula Vasconcelos

“Quando você adota um animal adulto, transforma o destino dele e dá chance de uma nova vida para esse animal. Ele será eternamente grato a você. Para mim, não há nada melhor do que ver a gratidão nos olhos deles”, destaca a advogada.

Além disso, de acordo com a fundadora e presidente do abrigo Flora & Fauna de Brasília (ASSPA), Orcilene Santos, cães adultos tendem a valorizar mais uma boa casa.

“Adotar um cachorro adulto, principalmente os que vivem nas ruas ou em abrigos, é uma ótima opção para quem busca um companheiro fiel e carinhoso. Já conheci várias pessoas que vieram ao nosso abrigo após terem experiências traumáticas com filhotes”, frisa.

Todas essas vantagens não se aplicam apenas aos cachorros. Gatos adultos também são excelentes companheiros. Saritha Guimarães é psicóloga e sempre foi apaixonada por felinos. Ao perder o seu bichano, Salomão, vítima de um câncer, ela decidiu dar uma chance para Amarelo, um gato de rua de aproximadamente cinco anos de idade.

“Ele é supercalmo, dócil e carinhoso. Chegou aqui um pouco assustado, mas, com o passar dos dias, já estava dormindo comigo. Não vivo mais sem ele”, ressalta.

 

Colaborou Zilá Motta

Da Redação

Últimas notícias

BBB20: enquete mostra quem sai entre Prior, Manu e Mari

Os três concorrem para ver quem fica na casa mais vigiada do Brasil

3 horas passados

BBB20: Prior, Manu e Mari estão no paredão

Berlinda foi formada na noite deste domingo (29/03), depois de votação e da prova bate e volta

3 horas passados

Covid-19: jovem que morreu só foi internado na 3ª ida ao hospital

Mauricio Kazuhiro Suzuki, de 26 anos, morreu no sábado; primeiro diagnóstico foi de gripe comum

4 horas passados

Idoso de postagem de Flávio Bolsonaro nunca teve coronavírus

Imagem usada em post do senador sobre hidroxicloroquina é de internação do arquiteto Walter Balestra em julho de 2019, por…

4 horas passados

Mel Maia se revolta com seguidor que a chamou de rica

Atriz fez um desabafo no Instagram: “Que ódio isso”

5 horas passados

Flagra: em quarentena, Maiara e Maraisa beijam namorados

Artistas se isolaram com os companheiros em uma fazenda em Goiânia

5 horas passados