Missa de sétimo dia de Arnaldo Cunha Campos terá transmissão pelo YouTube

A Coluna Claudia Meireles faz questão de prestar mais uma homenagem ao pioneiro que viveu para a família e para Brasília

atualizado 30/06/2020 8:41

Barack Obama e Arnaldo Cunha Campos Arquivo Pessoal

O pioneiro Arnaldo Cunha Campos adotou Brasília como sua terra, conforme fez questão de ressaltar no documentário BSB60. Mineiro de nascimento, o médico de formação e empresário morreu na manhã de quarta-feira (24/06), aos 84 anos, na cidade que ganhou seu coração.

Para agradecer a vida do marido, pai, avô e amigo incrível que deixa eternas saudades, todos estão convidados a marcar presença virtualmente na missa de sétimo dia prevista para ocorrer nesta terça-feira (30/06), às 16h.

A cerimônia será realizada na Paróquia São Pedro de Alcântara, no Lago Sul, e terá transmissão ao vivo pelo YouTube. Caso queira prestigiar a celebração, clique aqui. Religioso, Arnaldo Cunha Campos costumava participar das missas dominicais das 12h na Paróquia Santa Rita de Cássia, na Asa Sul.

Sócio-fundador do Complexo Brasil 21, Arnaldo deixou a mulher, Maria Josina, e os quatro fillhos, Fabiano, Ana Maria, Ana Luisa e Liliana, sem contar os netos apaixonados pelo grande avô. Pelo fato de ele não ter resistido às complicações da Covid-19, os familiares ressaltaram sobre participar da cerimônia on-line no convite enviado.

“Nós experimentamos, dolorosamente, o perigo que esse vírus representa. Portanto, desejando que estejam todos se cuidando e, a fim de evitar aglomeração, enviamos a vocês o link para participarem da missa virtualmente”, escreveram no texto.

Na mensagem, a família Cunha Campos agradeceu as homenagens feitas ao pioneiro ao longo da semana após a triste notícia. “Ainda amparados pelas inúmeras e comoventes demonstrações de carinho e delicadeza de todos, gostaríamos de convidá-los a rezarem conosco na missa em ação de graças pela vida do nosso estimado Dr. Arnaldo”.

No texto fim do convite, os familiares de Arnaldo Cunha Campos escreveram: “Cremos na força da oração e na comunhão dos santos; por isso, tenho a certeza de que estaremos unidos, em qualquer lugar que estejamos, para homenageá-lo e rezar por seu merecido descanso no céu.”

Homenagens

No Instagram, o empresário foi lembrado com afeto pelos jornalistas Marlene Galeazzi e Gilberto Amaral. O primeiro colunista do Brasil não poupou elogios ao amigo de longa data: “Arnaldo era um ser humano de primeira grandeza, um homem de inteligência admirável, de uma generosidade sem tamanho e de um conhecimento invejável”, escreveu Gilberto na publicação honrosa.

Com inúmeras boas recordações na memória, os netos fizeram dedicatórias ao avô na rede social e compartilharam momentos singulares em que estiveram juntos. Juliana, Pedro e Maria Beatriz Cunha Campos não economizaram nas palavras.

“Seus ensinamentos, suas sábias palavras, para sempre farão eco em nossas cabeças”, reforçou Juliana. “Ele era o dono do sorrisinho mais fofo do mundo e de um coração ímpar. Cuida de nós aí do céu, porque você já é meu santo preferido”, legendou Maria Beatriz. Ela ainda revelou o apelido carinhoso dado ao avô: Nanaldo, torcedor roxo do Internacional e amante de boné.

Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos Homenagem a Arnaldo Cunha Campos

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias