Categorias: Claudia Meireles

Marcos Pitombo e suas histórias à la ‘salve-se quem puder’

Rio de Janeiro (RJ) – Aos 37 anos, Marcos Pitombo está de bem com a vida. Do tipo que se entrega de corpo e alma ao personagem – a ponto de isso se refletir no próprio físico que exibe no ar –, o ator tem se dedicado à yoga para dar introspecção a Bruno, papel que vai viver em breve na novela das 19h da TV Globo, Salve-se Quem Puder, escrita por Daniel Ortiz, com quem já trabalhou em Haja Coração (2016).

Nesta entrevista à coluna Claudia Meireles, o artista fala sobre seu novo trabalho, a experiência para lá de exótica de morar na China e sua busca pela longevidade.

Confira!

Está ansioso para entrar logo em Salve-se Quem Puder?
Eu estou com uma expectativa muito boa em relação a essa novela, que começou superlinda. Tem um tom excelente de comédia, amor, romance, drama, e um elenco feminino radiante. O Bruno entra um pouquinho depois, mas eu já conheço muita gente da equipe da novela.

Estou reeditando uma parceria com o Daniel Ortiz. Então, me sinto em casa. Além de tudo, trabalhar com a Sabrina Petraglia (Micaela) é uma alegria especial.

E essa parceria com a Sabrina? O Bruno vai mesmo se apaixonar pela Micaela?
Eu não vou entregar o ouro de jeito nenhum. Esse foi o combinado e é difícil arrumar outro emprego. Se eu entregar, é papo de demissão na hora. Mas o que é bacana é estar de novo com a Sabrina, com texto do Daniel e direção do Fred (Mayrink).

Shirlei (Sabrina Petraglia) e Felipe (Marcos Pitombo)

Os dois vão se interessar pela Micaela?
Desde o primeiro momento, vai haver uma conexão, um olhar, e os dois ficarão envolvidos por ela. E a Micaela, de certa forma, fica inebriada com esses dois caras. Eles são escolhidos para trabalhar no restaurante dela por competência, mas a partir daí começa uma relação bonita dela com os dois.

Conte um pouco sobre seu personagem.
É um cara que vem do interior com o irmão para trabalhar no restaurante da Micaela. Eles são legais, mas têm personalidades diferentes. O Bruno, meu personagem, é mais retraído. Talvez não tenha tanto sex appeal. Já o Gael (Cirillo Luna) é solar, “chega chegando”. Os dois são superpositivos e um deles vai ficar com a Verônica (Marianna Armellini). Quem é esse cara, o público vai descobrir ao longo da novela!

Você já viveu alguma situação do tipo “salve-se quem puder”?
Já! Acho que todo brasileiro vive isso no dia a dia, pois a coisa não está fácil. Eu já estive em uma situação curiosa. Fui pra China trabalhar em um momento em que o país ainda era bastante oriental. Então, tive situações que eram bem “salve-se quem puder”! Em algo simples, como atravessar o sinal na faixa de pedestres, é possível se perder, porque é muita gente!

O medo de doenças lá é muito grande. Como é uma ditadura, você vê gente sendo carregada pelas ruas. Entrar no mercado era impossível. Eu comia macarrão instantâneo todo dia. Certa vez eu queria queijo e pedia: “cheese” (em inglês). Só que a mulher me apontava a saída. Foram situações curiosas quando morei por lá. Mas tudo aprendizado, história pra contar.

O ator ao lado de Angélica durante uma participação no programa Estrelas

Quando foi?
Foi um pouco antes de eu fazer a Oficina de Atores na Globo, em 2005. Isso foi em 2004, na época do primeiro tsunami. A minha mãe estava sentada vendo TV e viu: ‘Tsunami varre a China”. Ela ficou apavorada. Obviamente, onde eu estava não teve nada, mas, na época, não havia redes sociais. Mesmo assim consegui dar sinal de vida pra ela.

Em que circunstâncias rolou essa viagem para a China?
Foi uma situação meio curiosa. Eu estava fazendo teste para a Oficina de Atores da Globo e precisava de uma imagem de cadastro. Por acaso, tinha tirado umas fotos na agência Megan. Quando fui pegá-las, acabei sendo indicado para um teste de modelo. Aí, tranquei a faculdade de odontologia e fui guiado pelo desafio.

Eu fazia faculdade de odonto, mas não era o que queria. Quando cheguei à China, recebi a notícia de que tinha passado na Oficina de Atores da Globo. Então, foi uma breve temporada. Se disserem que fui modelo, eu nego (risos). Porém, foi bacana!

Qual cidade?
Hangzhou. Eu iria pra Hong Kong, mas aí passei para a Globo e cancelei a turnê.

Como você cuida do corpo?
Eu sou muito fiel à forma física do personagem e gosto de trabalhar cada um deles de um jeito. Mas já fiz muay thai, crossfit… Eu defendo a atividade física e a alimentação saudável visando à longevidade. Quero ter uma vida longa. Para esse personagem, escolhi a yoga, porque traz introspecção, um olhar pra dentro.

O ator como Rômulo, em Orgulho e Paixão, de 2018

O que está achando? Recomenda a yoga?
Recomendo! Para mim, está sendo muito bom, porque não é só uma atividade física, é um olhar para dentro. Estou acordando bem cedo agora, por volta das 5h30, para fazer minha aula. Está sendo bem legal!

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Marcelo NobreeMarcos Maynart

Formado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), começou a trabalhar com jornalismo na Editora Símbolo, em 2002, como repórter e redator. Ao longo de mais de 15 anos de atuação como jornalista, fez trabalhos para editoras como Ediouro, Escala e OnLine, escrevendo, editando e revisando mais de 100 mil textos para revistas, livros, jornais e sites. É sócio-proprietário da Novel Editora.

Últimas notícias

Saúde começa a cadastrar médicos para atender em outros estados

Pasta publicou portaria nesta quinta-feira (02/04) para ter ideia de quantos profissionais estão dispostos a se realocar

2 minutos passados

Bolsonaro diz ter “vergonha” da aproximação entre Lula e Doria

O presidente falou na noite desta quinta-feira (02/04) com o jornalista Augusto Nunes e criticou muito o governador paulista

2 minutos passados

Covid-19: escola do Gama produz máscaras para unidades de saúde

A estimativa é que a primeira leva de produção já seja doada nesta sexta-feira (03/04) para o Hospital Regional do…

4 minutos passados

É fake: deputado desmente festa para comemorar fim do coronavírus

Mensagem atribui ao distrital Rodrigo Delmasso a produção de um evento para celebrar o fim da pandemia da Covid-19 no…

9 minutos passados

Congresso: Senado aprova orçamento impositivo para pandemia

O projeto foi alterado pelo relator após apelo do governo federal. Medidas servem para viabilizar ações de enfrentamento ao coronavírus

12 minutos passados

Túlio Gadêlha faz TBT com Fátima sobre a Copa de 1994

O deputado compartilhou uma foto sua criança, enquanto a jornalista já se dedicava à cobertura do Mundial

12 minutos passados