Festival Internacional de Cinema e Alimentação faz estreia em Brasília

A mostra Slow Filme levou 22 filmes para o Cine Brasília. A gastronomia sustentável e consciente direcionou o evento

Jacqueline Lisboa/Esp. MetrópolesJacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles

atualizado 05/08/2019 11:51

Após nove anos tendo Pirenópolis (GO) como endereço cativo, o Festival Internacional de Cinema e Alimentação, Slow Filme, desembarcou em Brasília para a sua 10ª edição, desta vez no Cine Brasília. A estreia na capital federal aconteceu na última quinta-feira (01/08/2019), sob o olhar atento das coordenadoras do festival, Gioconda Caputo e Carmem Moretzsohn, e do curador, Sérgio Moriconi.

O trio foi prestigiado por fotógrafos, cineastas, escritores e um público ansioso em consumir o conteúdo documentado. Eles assistiram ao filme italiano Slow Food Story, sobre a criação do movimento que revolucionou a gastronomia no mundo. Além dele, outras 21 produções sob a curadoria de Moriconi estiveram em cartaz até esse domingo (04/08/2019).

Apesar do charme que Pirenópolis conferia ao Slow Filme, os organizadores sentiram que estava na hora de crescer e se aproximar ainda mais do público, que se deslocava para a cidade, que fica a pouco mais de 150km de Brasília.

“Pirenópolis foi o lugar perfeito para fazer o festival. Tinha tudo a ver com o conceito que criamos, que é a identidade gastronômica local e o movimento Slow Food do Cerrado, muito forte também. Foi perfeito, mas precisávamos crescer”, afirma Carmem.

Prova disso foi a noite de estreia. Mais de 800 expectadores prestigiaram as duas primeiras sessões, contrapondo com os 150 lugares do cinema goiano.

Confira os cliques:

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Carmem Moretzsohn, Rodrigo Torres e  Gioconda Caputo

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Sérgio Moriconi

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Juan Pratginestós

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Guilherme Reis, Murilo Grossi e Ronaldo Duque

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Nicolas Behr e Alcina Behr

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Eneida Hamu, Leo Hamu e Ana Claudia Lima e Alves

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles

 

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Sérgio Moriconi

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles

 

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Carmem Moretzsohn e a intérprete de Libras

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Rodrigo Costa

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Ronaldo Duque

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Juan Pratginestós

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Juan Pratginestós e Ronaldo Duque

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Emídio Marcelo Kuhlmann e Ana Carolina

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Amanda Guedes, Laurez Cerqueira, Letícia Rocha e Josi Pequeno

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Sérgio Ferreira e Eliane Simões

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Juan Pratginestós e José Manuel Pascual Garcia

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Gioconda Caputo, Sérgio Moriconi e Carmem Moretzsohn

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Paulo César Araújo e Geoffrey Roy

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Sérgio Moriconi

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Produtos locais e orgânicos – Somos

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Amêndoa Vilardi na feirinha de produtos locais e orgânicos – Somos

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Cecile Gautier e Marcelo Barbosa

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Andrea Alfaia e Jak Rosangela

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles

 

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

SOBRE O AUTOR
Bethânia Nunes

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário Iesb em 2014. Trabalhou na produção da TV Brasília e no Correio Braziliense por três anos, onde atuou como repórter no site do veículo. Desempenhou a função de assessora de imprensa no Grupo Objetiva até março de 2018. Atualmente, produz a coluna de Claudia Meireles.

Últimas notícias