Empoderamento feminino é tema de bate-papo no evento Mãos Dadas

A conversa contou com a participação de Deborah Carvalhido, Cristina Castro, Nathália Abi-Ackel e da diretora do Metrópoles, Lilian Tahan

Hugo Barreto/MetrópolesHugo Barreto/Metrópoles

atualizado 08/06/2019 21:48

O segundo dia do projeto Mãos Dadas, de Nathália Abi-Ackel e Gabriela Constantino, do The Market, e de Isabella Perillo e Nájla Rassi, do coletivo goiano Tremma, movimentou a loja Arquivo Contemporâneo, no Lago Sul.

O stylist Marcus Barozzi abriu a série de conversas do evento, na última sexta (07/06/2019), com um bate-papo sobre as possibilidades da moda. A palestra seguiu com a diretora executiva do Metrópoles, Lilian Tahan, Deborah Carvalhido, Cristina Castro e Nathália Abi-Ackel, que abordaram o tema Ressignificando o Mundo pelo Olhar Feminino.

“Estamos dando as mãos e também novo significado ao mundo”, destacou Nathy Abi-Ackel. A empresária ressaltou as dificuldades que enfrenta ao trabalhar e ser mãe ao mesmo tempo.

Hugo Barreto/Metrópoles

Cristina Castro, embaixadora da Women’s Entrepreneurship Day Organization (Wedo) no Brasil, questionou aos participantes: “Quem de nós mulheres nunca sofreu algum tipo de violência?”. Segundo a professora, o maior problema é a vergonha que a mulher sente ao falar sobre o assunto.

Cristina aproveitou o momento para apresentar Glória, robô que auxilia mulheres em situação de violência. Por meio da inteligência artificial, o projeto fala com milhões de pessoas simultaneamente e coleta dados de quem sofre algum tipo de agressão.

Em prol do auxílio e combate aos casos de violência, a diretora executiva do Metrópoles, Lilian Tahan, abordou a criação do Elas por Elas, projeto de empoderamento feminino e combate ao feminicídio abraçado pelo portal. “Levantamos dados sobre a morte de mulheres em anos anteriores e descobrimos que os números cresceram muito. Tomamos a decisão de que tínhamos de entrar em campanha para mobilizar uma grande rede capaz de abordar o tema em suas mais diversas formas de expressão, como a jornalística e a artística”, frisou.

Deborah Carvalhido levou a temática para o meio jurídico. A advogada percebe a existência de desigualdade na área. Ela participa de um projeto, composto por outras profissionais do direito, que promove debates e seminários a respeito de temas sensíveis. “A política, por exemplo, é um ambiente muito masculinizado. Nele, as mulheres são vistas como fragilizadas”, lamenta.

O evento ainda contou com um bate-papo sobre arquitetura com TRK, São Geraldo, Tiago Caetano e Priscila Gabriel.

Confira os cliques do evento:

Hugo Barreto/Metrópoles
Vivianne Piquet, Moema Leão e Nathy Abi-Ackel

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Moema Leão

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Cristina Castro

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Deborah Cavalido

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Lilian Tahan e Olívia Meireles

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Eda Lucas

 

Hugo Barreto/Metrópoles
DJ Ana Chris

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Marcus Barozzi

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Claudia Valadares e Magnólia Mendes

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Renata Foresti

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Manuela Magno e Socorro Magno

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Lucas Ruiz, Stefany Santos e Matheus de Godoy

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Carolina Adriano

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Simone Pontes e Jana Vaforeto

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Sofia e Julia Peixoto

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Silvia Veríssimo

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Nathalia Kanhouche e Roberta Lima

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Gabi Constantino

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Soraia Debs

 

Hugo Barreto/Metrópoles

 

 

Hugo Barreto/Metrópoles

 

 

Hugo Barreto/Metrópoles

 

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Eliana Crisostomo e Mayra Bittar

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Deborah Cavalido, Cristina Castro, Eda Lucas e Nathy Abi-Ackel

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Julia Peixoto e Nathália Sálvio

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Cosete Ramos Gebrim

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Geiza Alckmin e Carla Lobo

 

Hugo Barreto/Metrópoles

 

Hugo Barreto/Metrópoles

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Lilian Tahan

 

Hugo Barreto/Metrópoles

 

Hugo Barreto/Metrópoles
Olívia Meireles

 

Hugo Barreto/Metrópoles

SOBRE O AUTOR
Rafaela Amaral

Brasiliense, formada desde 2017 em jornalismo pelo Centro Universitário de Brasília (UniCeub). Trabalhou como repórter no site e na revista GPS|Brasília. Assumiu o cargo de relações públicas em eventos realizados pelas empresas R2 Produções e Manifesto Lab. Atuou como diretora de marketing do site e da empresa Amanda Brasil. Atualmente, cursa pós-graduação em gestão em marketing no Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (IBMEC) e produz a coluna da Claudia Meireles.

Últimas notícias